sábado, 4 de junho de 2016

No Poo e Low Poo: Ganhos secundários

Compartilhe:
Menina cacheada com mala, vestido vermelho com bolinhas brancas


Que No Poo e Low Poo fazem bem para os fios de cabelo não é novidade para a gente, certo?

Mas você sabia que está tendo outros ganhos aderindo à estas técnicas?

Estes extras vão sendo acrescentados às nossas bagagens e algumas vezes, nem os percebermos.


Meio ambiente


Sulfatos


Ao desistirmos de usar sulfatos colaboramos com a natureza pois eles colaboram no processo de eutrofização da água.4

Esse fenômeno bloqueia  a superfície das águas com uma capa de algas, impedindo a luz de chegar às profundezas onde algas dependem da luz para a fotossíntese.

Como nada acontece na natureza sem desencadear uma reação, estas algas das profundezas morrem, os peixes que se alimentavam delas morrem também, o oxigênio antes produzido pelas algas começa a ficar escasso matando outras espécies aquáticas.

Derivados de petróleo


Os derivados de petróleo são (na maioria das vezes) insolúveis em água. Por isso eles podem formar sobre a água películas que impedem trocas gasosas entre organismos aquáticos e atmosfera.

A água contaminada por derivados de petróleo é imprópria para consumo humano e certamente prejudicial aos organismos que nela vivem.

Não é biodegradável, pode impregnar o solo e contaminar lençóis freáticos.

Saúde


O No e Low Poo nem sempre são a opção mais saudável. Esse é um dos motivos para não aderir ao No/Low Poo. Para uma rotina mais saudável preste atenção às composições dos seus produtos.

Desistir de usar derivados de petróleo pode nos ajudar a evitar doenças.

Em 2007, avaliações químicas de empresas de cosméticos assustaram clientes ao redor do globo.

Ao avaliarem seus produtos que contém derivados de petróleo, constatou-se que muitos deles podem estar chegando às prateleiras contaminados com 1,4-dioxane.

Esta substância é rapidamente absorvida pela pele e é cancerígena.

Segundo a EWG, as companhias podem retirar este composto de seus insumos durante o processo de fabricação dos cosméticos mas os testes mostraram a presença bastante comum da impureza em seus produtos¹.

Há fortes evidências também de que o hidrocarbono de óleo mineral seja o maior contaminante no corpo humano².

Estima-se que a acumulação chegue em média a 1g/kg por pessoa, chegando à casos de 10g/kg.³

O primeiro estudo¹ também sugere que os cosméticos podem ser a principal fonte dessa contaminação.

Nem todos os derivados de petróleo são proibidos para Low e No Poo. Fique atento!

Economia


Quem nunca ouviu a afirmação: Fazer No/Low Poo é muito caro.

Depende!

Quem deixa de fazer química transformadora já começa com uma economia trimestral de até 3 dígitos.

Quanto aos produtos de manutenção diária: existem alternativas acessíveis para todas as etapas de cuidados com os fios liberadas para as técnicas.

Sem falar na multifuncionalidade de alguns produtos (tem quem lave, condicione e modele os fios com o mesmo produto).

Mas o bolso sente a economia - de verdade - só depois de algum tempo.

Chega um determinado estágio em que seu cabelo já não precisa mais de 8 hidratações, 6 nutrições e 2 reconstruções por mês.

Depois que você entrou no Low/No Poo, seu cabelo passou a ser tratado com mais carinho, nasceu mais saudável, foi cuidado durante o crescimento, está com a cutícula capilar preservada, etc.

Ele te agradece, e demonstra isso se satisfazendo com menos da metade dos procedimentos que você fazia antes.

Consumo Consciente



Quando - por consequência do seu cuidado - o cabelo começa a melhorar, você sente que não precisa mais fazer dezenas de tratamentos por mês.

Você continua comprando a mesma quantidade de produtos, já é automático.

Começa então a se formar aquela pilha de produtos (o famoso "estoque").

Em algum momento, surge uma escolha:
a) continuar consumindo/acumulando
b) consumir menos e com mais qualidade

E você? Escolheu quantidade ou qualidade? 
Conta pra gente aqui ó:

Sociais


Por termos as técnicas como assunto em comum, passamos a interagir com pessoas com quem talvez nunca falaríamos.

Você se depara com a história, as dores e as vitórias de muita gente.

Entende que como consumidores somos capazes de influenciar as decisões de grandes empresas porque não estamos sozinhos.

Mas dentre estes brindes que o No Poo e o Low Poo nos dão, ainda achamos que o mais especial é que a gente aprende que cabelo não é só vaidade.

Cabelo representa muito mais.

Cabelo é identidade!

__________
¹ ______. (2007). EWG Research Shows 22 Percent of All Cosmetics May Be Contaminated With Cancer-Causing Impurity. EWG News Online.
²  N., Concin & Cols. (2011). Evidence for cosmetics as a source of mineral oil contamination in women. J Womens Health (Larchmt). v. 20 n.11
³ N., Concin & Cols. (2008). Mineral oil paraffins in human body fat and milk. Food Chem Toxicol. v.46 n.2
4 Gonçalves, D. O. & Costa, R. G. S. (2010) Problemas de qualidade da água: poluição, eutrofização e educação. Saúde & Ambiente em Revista v.05 n.01
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...