terça-feira, 25 de abril de 2017

Quais os danos causados pelo uso da Chapinha, Secador e Baby-Liss?

Compartilhe:

Prejuízos do baby-liss, secador e chapinha para os cabelos


Afirmar que os cabelos parecem não gostar de ferramentas de calor a longo prazo não parece ser um disparate.

Lorraine Massey (autora do famoso livro "O Manual da Garota Cacheada") usa algumas vezes o trocadilho Fritador de Cabelo, ao invés de Secador de Cabelo, para evidenciar o dano extensivo das ferramentas quentes sobre os fios de cabelo.4

Mas quais são - efetivamente - os danos que essas ferramentas causam sobre a estrutura dos cabelos?

prejuízos que envolvem a superfície dos cabelos, e outros que se estendem para as partes mais internas dos fios.

Abaixo vamos falar brevemente sobre alguns desses estragos, tendo como base de pesquisa alguns artigos científicos sobre protetores térmicos capilares.

Os shampoos tradicionais também tiram pequenas porções proteicas dos cabelos. Descubra como a escolha de um shampoo sem sulfato pode diminuir esses danos.

Quais são os danos causados pelo secador e chapinha à parte interna dos cabelos?


Temperaturas acima de 200º (independente da ferramenta de calor) podem causar danos significativos à queratina presente nos cabelos.

Esse estrago é estrutural pois destrói de forma irreversível, o formato natural de parte das proteínas que constituem os fios.³

Infelizmente, esse dano proteico não é causado exclusivamente pela chapinha e pelo baby-liss, o secador também pode desnaturar essas proteínas.²

O prejuízo causado é diretamente proporcional à temperatura, ou seja quanto mais quente a ferramenta usada, maior será a degradação das proteínas presentes nos fios.³

Além disso, no caso de cabelos tingidos, o calor do secador, do baby-liss e da prancha, aceleram a perda dos pigmentos depositados sob a cutícula, se compararmos com cabelos secos ao natural.¹


Está gostando deste texto? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma atualização do Cabeleira em Pé:



O secador e a chapinha "fritam" parte externa do cabelo?


O calor da piastra (chapinha, prancha), também danifica a cutícula do cabelo,a parte mais externa do fio, responsável pela proteção física dos cabelos, como se fosse uma armadura.

O calor induz a formação de rachaduras e buracos além de micro-buraquinhos chamados "microporos".³

Esses danos aumentarão a porosidade dos fios fazendo com que eles percam mais água (e perdê-la mais rápido) durante a secagem.

Temos uma postagem que relativiza o "pH ideal", desenvolvendo a ideia do pH adequado para cada tipo de porosidade capilar. Clique e descubra.

O estrago infligido sobre a cutícula também aumenta a quebra dos cabelos pois a falta destas "escamas" expõe o córtex (parte de dentro do fio de cabelo).

A perda desse "escudo" que a cutícula oferece faz com que o fio se parta com mais facilidade, em especial quando os cabelos são penteados/escovados.³

E agora? Devo pentear o cabelo molhado ou seco?

O que fazer para proteger os cabelos da chapinha (prancha), secador e baby-liss


Felizmente, o uso cada vez mais frequente deste tipo de ferramentas impulsionou a pesquisa cosmética em direção de tecnologias que pudessem minimizar os danos discutidos acima.

Em testes quantitativos conduzidos em laboratório, pode-se observar que os cabelos protegidos por polímeros de proteção térmica reduziram significativamente (em aproximadamente 50%) a quebra dos cabelos.³

Estes mesmos testes mostraram uma diminuição da desnaturação do conteúdo proteico dos cabelos (quando a proteína dos fios perde sua forma original) na presença de um protetor térmico

Mas atenção: a proteção destes produtos não é de 100%.

Os polímeros de proteção térmica são responsáveis pela diminuição dos danos causados pelo calor. Com isso, diminuem também as consequências - como a quebra e aumento da porosidade.

Tenha sempre em mente: protetor térmico não é super-herói que enfrenta o vilão sem fazer nenhuma vítima.

Suas propriedades ajudam muito, mas não são garantia de cabelos totalmente livres de danos após o uso de ferramentas quentes como os fritadores de cabelo.

Nosso perfil no Instagram está cheio de dicas imperdíveis. Segue a gente! Instagram do Cabeleira em Pé: Clique Aqui!
__________

Referências:


¹ Mustafa Varçin1, Britta Arendes 1,2, Peter-Grant Ross 1, Maria Labedzka1, Slobodanka Tamburic (n.d.). An ex vivo comparison study: the effect of a fatty acid ester and a cationic silicone derivate on the protection of hair colour from washing and heat styling exposure.
² S. Herrwerth, I. Ulrich-Brehm, U. Kortemeier, P. Winter, M. Ferenz, B. Grüning. (2009). Silicone Quaternium-22: New Silicone Technology for Premium Hair Conditioning with Additional Benefits. International Journal for Applied Science. v.135 n.6.
³ Y. ZHOU, R.; RIGOLETTO, D.;KOELMEL, G.; ZHANG, T.W. GILLECE, L. FOLTIS, D. J. MOORE, X. QU, and C. SUN. (2011). The effect of various cosmetic pretreatments on protecting
hair from thermal damage by hot fl at ironing. Journal of Cosmetics Science 62.
4 Bender, M. ; Massey, L. & Chiel, D. (2011). Curly Girl: The Handbook. Workman Publishing Company
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...