sábado, 29 de setembro de 2018

Resenha Máscara Desmaia na Hora - Plancton

Compartilhe:
Resenha Máscara Desmaia na Hora - Plancton (Super Creme Antifrizz)

Máscara Plancton Desmaia na Hora: Super-Creme Antifrizz

Resenha Máscara Desmaia na Hora - Plâncton recebido da Mukirana Beauty

A linha da hora da Plancton Professional cresceu!

Conhecemos o primeiro produto da linha na Hairnor 2017 e a marca resolveu criar uma família inteira de produtos: a linha Plancton da Hora - incluindo uma série de produtos liberados.

Quem nos acompanha no Instagram sabe que a Máscara com efeito teia Desmaia na Hora foi carinhosamente enviada para a gente através da nossa parceria com a Mukirana Beauty, em qualquer compra na loja, usando o cupom cabeleiraempe, você ganha 5% de desconto.

A resenha de hoje vai falar sobre os seguintes aspectos da Máscara Desmaia na HorapH, embalagem, ingredientes da composição, se é ou não liberada para Low Poo, o modo de usar, resultado e onde comprar.

Não deixe de interagir conosco na sua rede social favorita: 



pH: 4


Os produtos pensados para cabelos com porosidade normal e alta costumam ter faixas de pH próximas ao pH natural da haste de cabelo (que gira em torno de 3,67⁴).

Produtos com pHs levemente ácidos trazem vantagens para estes fios como a prevenção de sobre-entumescimento da fibra¹,² (quando o cabelo absorve água demais) e aparência mais brilhante depois de seco.¹

O cabelo fica mais frágil molhado do que seco, mas o pH no qual ele se encontra pode deixar ele ainda mais exposto ao rompimento. Faixas de pH entre 4 e 6 - como o desta máscara da Plancton - mantêm o cabelo em seu potencial máximo de força quando molhado.²

O pH da Máscara Desmaia na Hora - que é 4 - fica em um intervalo que não altera a distribuição eletrostática do fio,² diminuindo a chance de frizz.


Produto liberado para Low Poo em abril/2018


Sim! Temos mais uma opção de máscara do tipo desmaia liberada para Low Poo!

A Desmaia na Hora não tem oclusivos derivados de petróleo, o que faz dela um produto adequado para quem usa shampoo sem sulfato.

Quem faz Low Poo deixa de lado os shampoos tradicionais e passa a usar shampoos com substâncias limpantes (chamadas de surfactantes) mais suaves.

Em função dessa suavidade de limpeza, evitam-se oclusivos cuja remoção possa ser difícil (como os 'petrolatos').

A Desmaia na Hora da Plancton não possui esse tipo de oclusivo e portanto é liberada para Low Poo.

Você sabia que Nem todos os derivados de petróleo são proibidos para No Poo e Low Poo. Entenda mais neste link..

Embalagem

Máscara Plancton Desmaia na Hora - com óleo de maracujá e manga

De um cor-de rosa espetacularmente neon, a Plancton Desmaia na Hora tem embalagem plástica em forma de pote cilíndrico e levemente flexível.

A tampa - de rosca - é feita em plástico amarelo um pouco mais duro e abre com 1 volta completa.

A embalagem tem 400g.



Composição Máscara Desmaia na Hora - Plancton Professional


Para deixar o cabelo mais macio e desembaraçado, a Máscara Desmaia na hora tem ingredientes condicionantes e emolientes.

Os emolientes (que deixam o cabelo macio e sensorial escorregadio) são o Cetearyl Alcohol e a lanolina.

Entre os agentes condicionantes encontram-se o Cetrimonium Chloride, um sal quaternário de amônia, mas o que isso quer dizer?

Esses sais - que tem carga positiva (catiônica) - ajudam a neutralizar a carga dos cabelos que fica negativa (aniônica) após o uso do shampoo, deixando ele mais fácil de desembaraçar. Parte do Cetrimonium Chloride continua adsorvido ao fio mesmo após o enxágue e ajuda a deixar o cabelo com menos frizz.³

Já Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride é um polímero de condicionamento que também age por adsorção e facilita a penteabilidade dos cabelos úmidos e secos.

Entenda aqui Qual a diferença entre Absorção e Adsorção.

Desmaia na hora - Máscara Antifrizz da PLancton com óleo de manga e maracujá - Resenha

Ainda no capítulo de condicionantes, o Cyclomethicone é um silicone leve que traz sensorial sedoso aos fios sem adicionar peso aos mesmos.

A Glicerina, o PEG18-M e a proteína de trigo⁵ tem capacidade higroscópica - ou seja - agem na manutenção da hidratação dos fios.

O óleo de semente de maracujá ajuda a manter os fios hidratados por oclusão, já que a maioria dos ácidos graxos são poli-insaturados⁷ (aqueles que se depositam sobre o exterior dos fios⁶).

O óleo de semente de manga tem perfil de ácidos graxos rico em saturados e monoinsaturados,⁸ ideal para nutrição dos fios.⁶

Quer aprender a identificar os óleos que penetram nos fios e aqueles que ficam do lado de fora? Confira estes 3 textos e faça escolhas mais inteligentes na hora de nutrir, umectar e finalizar os fios com óleos vegetais:



Quer ver a lista completa de ingredientes da composição da Máscara Desmaia na Hora da Plancton?

Abaixo você pode ver a transcrição dos ingredientes seguida de uma breve classificação das substâncias usadas na Desmaia na Hora.

Alguns componentes - como conservantes e fragrâncias - são "riscadas" dessa forma. Apesar de importantes para conservação e para dar um cheirinho agradável para a Máscara Desmaia na Hora, estes ingredientes são "riscados" por não terem ação direta sobre os fios.

Nosso perfil no Instagram está cheio de dicas imperdíveis. Segue a gente! Instagram do Cabeleira em Pé: Clique Aqui!

Ingredientes Máscara Plancton Dermaia na Hora - Super Creme Anti-frizz


Ingredientes da composição da Máscara Super Creme Antifrizz Desmaia na Hora da Plancton
Cetrimonium Chloride: Sal quaternário de amônia. Surfactante Catiônico. Agente Condicionante.

Parfum: Fragrância.
Lactic Acid: Regulador de pH.
Phenoxyethanol: Fragrância. Conservante.
Disodium EDTA: Quelante.

Cetearyl Alcohol: É um álcool que amacia e suaviza os cabelos ao toque. Um ingrediente Emoliente.

Lanolin: Lanolina. Emulsificante. Agente CondicionanteEmoliente.

GlycerinUmectante. Um ingrediente que atrai e sequestra umidade.

Cyclomethicone: Silicone volátil insolúvel em água. Agente Condicionante.

Mangifera Indica Seed Oil: Óleo de semente de manga.

Passiflora Edulis Seed Oil: Óleo de semente de maracujá.

Hydrolyzed Wheat Protein: Proteína hidrolisada do trigo. ProteínaUmectante.

Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride: Polímero Catiônico. Agente Condicionante.

Hydrolyzed Silk: Seda hidrolisada.

PEG-180M: Aglutinante. Umectante.

Isopropyl Myristate: Fragrância.
Aqua: Agua.

É verdade ou mito que Petrolato só maquia o cabelo? Isso é ruim? Surpreenda-se com a resposta aqui.

Aparência geral (Textura, cor e cheiro) 


Resenha Máscara de efeito teia Desmaia na Hora da Plancton - Liberada para Low Poo

A Máscara Plancton Desmaia na Hora tem cor branca e é super-viscosa.

Trata-se de uma máscara com o que chamamos de efeito-teia, ao ser colocada entre as mãos forma fios quando as mãos se separam em movimento de bate-palmas.

O produto tem boa espalhabilidade e o perfume é doce-cítrico beirando o gourmet com notas bem distintas das frutas dos óleos da composição: manga e maracujá.

Descubra os Papéis funcionais e sensoriais dos óleos vegetais nos cabelos e pele.

Modo de usar o Super Creme Anti-frizz Desmaia na Hora - Plancton


A Plancton indica que o produto seja aplicado nos fios úmidos, massageando até a distribuição por igual.

A Máscara Desmaia Fios tem pausa de 5 minutos, então deixe agir durante esse tempo.

Depois disso é só enxaguar em abundância.


Resultado Máscara de Efeito teia Desmaia na Hora - Plancton Professional

Resultado Máscara Desmaia na Hora Plancton - Liberada para Low Poo

A Máscara ajuda a desembaraçar os fios e o rendimento é bom.

Em função do efeito teia - com um pouquinho do produto já é possível envolver uma boa mecha de cabelo.

Depois de seco, o cabelo ficou brilhante e com curvas mais abertas, mas definidas.

O cheiro, que durante a aplicação é intenso, fica mais suave depois de seco.



Onde encontrar Máscara Desmaia na Hora - O Super Creme Anti-frizz da Plancton

Onde encontrar para comprar a Máscara Antifrizz Desmaia na Hora - Plancton

Os produtos da linha Plancton da Hora estão disponíveis em diversos comércios especializados em cosméticos.

A Máscara Desmaia na Hora e os demais produtos da linha podem ser comprados na Mukirana Beauty - querida parceira aqui do blog.

As compras na Mukirana tem 5% de dedução com o cupom cabeleiraempe, não esqueça de usar e garanta seu desconto.


__________

Referências


¹ Kumar, A. & Mali, R. R. (2010). Evaluation of prepared shampoo formulations to compare formulated shampoo with marketed shampoos. International Journal of Pharmaceutical Sciences Review and Research v03 e01.
² Mainkar, A. R. & Jolly, C.I. (2001). Formulation of natural shampoos. International Journal of Cosmetic Science v23 e01.
³ Draelos, Z. D. (2005). Hair care : an illustrated dermatologic handbook. London/New York: Taylor & Francis.
⁴ Maria Fernanda Reis Gavazzoni Dias, Andréia Munck de Almeida, Patricia Makino Rezende Cecato, Andre Ricardo Adriano, and Janine Pichler. (2014). The Shampoo pH can Affect the Hair: Myth or Reality? Int J Trichology. 2014 Jul-Sep; 6(3): 95–99
⁵ J. A. Swift , S. P. Chahal , N. I. Challoner , J. E. Parfrey (2000). Investigations on the penetration of hydrolyzed wheat proteins into human hair by confocal laser-scanning fluorescence microscopy. Journal of the Society of Cosmetic Chemists, Vol. 51, No. 3, 193-203.
⁶ Davis-Sivasothy, A. (2011). The Science of Black Hair: A Comprehensive Guide to Textured Hair. SAJA Publishing Company.
⁷ Lopes, Renata Miranda, Sevilha, Anderson Cássio, Faleiro, Fábio Gelape, Silva, Dijalma Barbosa Da, Vieira, Roberto Fontes, & Agostini-Costa, Tânia da Silveira. (2010). Estudo comparativo do perfil de ácidos graxos em semente de Passifloras nativas do cerrado brasileiro. Revista Brasileira de Fruticultura, 32(2), 498-506. Epub June 18, 2010.https://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452010005000065
⁸ Morais, L. R. B., & Gutjahr, E. (2012). Química de Oleaginosas - Valorização da Biodiversidade Amazônica. (Ed. do Autor, Ed.). Belém, PA. Retrieved from http://www.icbsena.com.br/livro.php?id_livro=431&autor_livros=Morais, Luiz Roberto Barbosa; Gutjahr, Ekkehard

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Felicidade por um Fio – Resenha Crítica do filme da Netflix

Compartilhe:

Crítica: Felicidade por um Fio – altos e baixos de um filme sobre transição capilar

Os spoilers deste texto estão escondidos, clique nos botões para revelar o texto completo caso já tenha assistido o filme. Consideramos spoilers apenas a discussão de cenas específicas, obviamante falaremos das linhas gerais do filme sem a tag de spoiler.

Muita gente viu nos últimos dias o novo lançamento da Netflix: Felicidade por um Fio.

O filme foi baseado no primeiro livro da série da autora Trisha R. Thomas chamado Nappily Ever After (um trocadilho que transformou a forma em inglês do “felizes para sempre” em “Crespos para Sempre) e fala da jornada de uma mulher em busca de si mesma e de seu cabelo natural.

Hoje, o Cabeleira em Pé conta com a colaboração da Mille – do Canal Diário de Mille – para discutir alguns pontos da história, uma crítica do filme para convidar vocês a debaterem um pouco sobre ele conosco.

Antes de mais nada, precisamos dizer que gostamos muito deste filme da Netflix e recomendamos ele em especial para quem quer passar, está passando ou já passou pela transição capilar. A história faz um bom trabalho ao retratar diversos dilemas inerentes a esse processo, criando um clima que facilita a identificação. Estes impasses não são apenas nossos: não estamos sozinhas.



A narrativa de Felicidade por um Fio é dividida em capítulos e cada título corresponde à uma fase na qual se encontra a protagonista (chamada Violet), interpretada por Sanaa Lathan - da quarta temporada de The Affair.

Mas o filme não é (nem poderia ser) perfeito, se apoiando muito em uma dicotomia que coloca o cabelo liso em oposição aos cabelos cacheados e crespos. Sabemos que a voz por trás do discurso que pavimentou essa dicotomia perfeito x imperfeito dentro do filme é real e lidamos com ela diariamente na mídia, na rua e, muitas vezes, até dentro de casa. Porém, o filme não rompe com esse padrão, ao contrário, o reforça, utilizando o discurso de auto-amor - que é muito válido, sempre - mas, nesse caso, é usado explorando essa dicotomia entre cabelo perfeito e imperfeito.

Assim, a textura do cabelo não liso aparece no filme como uma imperfeição a ser aceitada, mas a premissa é incorreta: os nossos cabelos crespos, cacheados e ondulados não são imperfeitos.

Vamos falar um pouco mais dessa história? Então, segue a leitura com a gente!


O Big Chop: Uma crítica a Felicidade por um Fio




Muitos dos pontos polêmicos de Felicidade por um Fio, têm a ver com o Big Chop da protagonista.

Big Chop é aquele grande-corte feito para retirada dos fios alisados, o corte que abre espaço para que se possa ter a curvatura dos cabelos que passam a nascer com sua textura natural.

A cena do big chop levanta algumas críticas pois o corte é feito no susto, num ímpeto, e ainda que tenha transparecido parte da insatisfação e inquietude da personagem em relação ao seu cabelo e aparência, não é assim que gostaríamos de ver retratado esse ponto tão importante na trajetória de alguém que decidiu assumir seu cabelo natural.



Não questionamos nesta resenha crítica a possibilidade de cenas assim acontecerem na vida real, mas acreditamos que estes movimentos impulsivos devam ser exceção. Decidir assumir o cabelo natural costuma - e deveria - ser um movimento consciente, inclusive para haver menos chances de arrependimentos - como parece acontecer com a personagem em determinado momento do filme.

Quanto mais consciente for essa decisão do grande corte, mais fácil se torna a adaptação aos cabelos curtos, principalmente para mulheres que passaram a vida toda utilizando os fios em comprimentos médios e longos.


Felicidade por um Fio: Erros e acertos ao lidar com Estereótipos





Vários arquétipos são levantados e questionados durante este filme da Netflix e podemos perceber que muitos deles giram em torno dos cabelos da Violet. A filha "perfeita" que está sempre arrumada; a profissional bem-sucedida que possui tudo "sob controle"; a esposa troféu do homem bem-sucedido; a imagem de mulher bem resolvida e desejada; etc..

Tudo no filme remete a esses estereótipos que o cabelo liso proporciona à Violet, que mais tarde será em parte questionado pela própria personagem e que também acaba levando a quem vê o filme a questionar igualmente como se enxerga e é enxergado a partir da sua própria aparência.



O filme Felicidade por um fio também brinca diversas vezes com estereótipos para falar de conceitos pré-estabelecidos.




A figura Masculina como Arquétipo do Mentor





Outro ponto que pode perturbar é que os pontos de reflexão sobre o cabelo natural são trazidos por figuras masculinas: primeiro pelo pai, depois pelo cabeleireiro.

Não há nada de errado em ter homens dentro do movimento de aceitação e celebração do cabelo natural, é importante que eles amem seus cabelos também.

Entretanto, pelos homens não passarem pelo mesmo estigma social pós-big-chop enfrentado por mulheres de cabelos curtos, a figura masculina de mentoria no processo de transição parece irreal.

Além disso, o movimento pelos cabelos naturais surgiu entre mulheres, feito por mulheres para outras mulheres. Por esse motivo queríamos ver uma mulher levando Violet à reflexão sobre seu cabelo natural. Fortalecer esse movimento de sororidade através do filme seria incrível.



Fica reforçado nestas interações de mentoria o estereótipo já discutido na seção sobre Big Chop: de que a mulher precisa de um mentor masculino para tomar boas decisões. Por que usar esse ponto clássico da jornada do herói de Campbell (o encontro com o mentor) ao invés de usar a figura feminina de auxílio proposta na jornada da heroína descrita por Murdock? Uma mulher ajudando outra mulher... seria difícil retratar isso?


O momento Hey Criança Negra neste filme da Netflix








Balanço final: Um filme por um fio





Já falamos nesta crítica de pontos altos e baixos de Felicidade por um Fio e de longe um de seus maiores méritos é aproximar essa experiência de um público maior, que pode – através da história de Violet – se identificar ou empatizar com alguém que está passando pela transição capilar.

O filme levanta questões críticas de preconceito contra a mulher no ambiente de trabalho, a pressão social e da mídia envolvida no alisamento dos cabelos cacheados e crespos, além do dilema enfrentado por algumas mulheres que vêem seu processo de autodescoberta sabotado pelo parceiro.

Mesmo com clichês e alguns escorregões, Felicidade por um Fio traz uma mulher careca e linda protagonizando um filme! Mostra Violet trocando o alisamento por cuidados mais naturais e reforça o nosso discurso diário: sua atitude sobre si mesma fala muito sobre como as pessoas te enxergam!

As últimas cenas deste filme da Netflix fecham um círculo para Violet, ela se liberta das correntes que a aprisionam vivendo uma situação muito parecida com aquela que viveu durante sua infância e quem passou pela transição certamente relembrará aquele momento em que se sentiu livre pra andar na chuva, mergulhar no mar e lavar o cabelo quando bem quiser.

Marie Kondo: antes e depois - Organizando cosméticos com o método ensinado na série Ordem na casa da Netflix.

Concomitantemente a tudo isso, ver a evolução da personagem em cenas leves e delicadas, situações cômicas e reflexões sobre padrões que enfrentamos todos os dias feitas de forma tão sutil e terna, faz do filme uma ótima escolha à qual podemos recorrer sem medo, pra ter uma daquelas sessões pipoca e brigadeiro deliciosas com as amigas.

Não queremos finalizar essa discussão aqui... O debate continuar: Quem aqui viu o filme? O que acharam da história? Agora é hora da crítica de vocês, use o espaço dos comentários abaixo e solte o verbo nas redes socias do Cabeleira em Pé e do Diário de Mille, tem alguma #GarotaDoDiario aí?

Não podemos deixar de agradecer à Mille pelo olhar doce e apurado - foram as discussões com ela que possibilitaram a construção conjunta deste material. Gratidão!

Não deixe de interagir conosco na sua rede social favorita: 

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Olha Isso! - Be(M)dita Ghee: Kit Mini Cronograma Capilar - Lola

Compartilhe:

Box especial com Lolabook + 3 miniaturas das Ghees de Hidratação (Banana), Nutrição (Abacaxi) e Reconstrução (Mamão)



Sabe aquele kit mimoso? Sabe quando se pensa nos detalhes? Sabe quando algo chama a atenção a ponto de arrancar da sua boca um 'Olha isso!'?

Bem vindos a um novo formato de conteúdo aqui do Cabeleira em Pé, onde a gente olha para um produto sob uma perspectiva diferente daquela mais técnica usada nas resenhas e olha para os detalhes de produtos e edições especiais.

Hoje a gente vai falar do kit de Mini Cronograma H, N e R com as Ghees da Lola Cosmetics.

A gente já falou desse kit assim recebemos ele da Dermabox Cosméticos, lá no Instagram Stories descobrindo os detalhes do kit junto com vocês.

Mas agora para tudo: Olha esse Kit de Lolabook + Mini Cronograma da linha Be(M)dita Ghee... Olha isso!



Kit Mini Ghees Lola: A Embalagem



Cheia de bom-humor e super-influenciada na cultura pop, a caixa que abraça as mini ghees e o lolabook é a cara da Lola.

Mesclando as estampas das embalagens das Ghees, com mamões, bananas e abacaxis em fundos contrastantes, a caixa ficou colorida e chamativa.

O verso tem as instruções e composições de cada Ghee (Hidratação, Nutrição e Reconstrução) e uma série de tiradas bem humoradas com direito até a "Alô, alô concorrência, desculpa de novo".

Lola sendo Lola.


O Lolabook - A versão Lola do nosso amado caderno



O presente que acompanha essa edição especial das mini-ghees é um caderno.

Um caderno não... Um Lolabook. São 3 versões, cada uma com estampa de uma fruta com as opções de bananas em fundo rosa-choque, abacaxis em fundo verde-limão ou mamões em fundo azul-claro.

A capa é dura, de bordas arredondadas e encadernamento em brochura. Junto ao miolo o Lolabook ainda conta com fita de cetim para marcar as páginas, olha isso!

As folhas não são pautadas, podendo ser usado livremente, inclusive para desenhar e dá uma super-vontade de fazer bullet journal só para andar com ele para cima e para baixo.

O Lolabook tem páginas especiais de prefácio e posfácio, super coloridas e divertidas.


As Máscaras da linha Be(M)dita Ghee


A gente olhou para todos os detalhes, mas não pode deixar de falar das estrelas desse kit: as ghees.

Para quem não sabe, estas manteigas capilares veganas são vendidas em embalagens grandes, feitas de vidro em formato de caneca com 350g.

Já na versão mini são 100g por potinho. A embalagem é feita de plástico com tampa de rosca.

Por se tratar de um cronograma capilar, cada uma das máscaras se propõe a atender a reposição de um grupo de substâncias:

  1. Be(M)dita Ghee Banana: Hidratação - reposição de umidade
  2. Be(M)dita Ghee Abacaxi: Nutrição - reposição de lipídeos
  3. Be(M)dita Ghee Mamão: Reconstrução - reposição de proteínas

Vídeo Sugerido: 1 mês só com produtos Lola - Participação Especial: Cronograma de Mini Ghees





Gostou do vídeo? Inscreva-se no canal do Cabeleira em Pé clicando no botão abaixo


Be(M)dita Ghee Banana: Hidratação


Bemdita Ghee - Manteiga Vegana Hidratante de Banana - Lola

Não deixe de interagir conosco na sua rede social favorita: 

Na etapa de Hidratação, a aposta da Lola é no extrato e aroma de banana.

Essa Ghee tem ingredientes que ajudam a desembaraçar os fios (Behentrimonium Metholsulfate) e trazer maciez (Cetearyl Alcoholpara os cabelos.

Para trazer o fator hidratante a Be(M)dita Ghee de Hidratação tem uma série de agentes higroscópicos: o extrato de banana, a glicerina e o extrato de aloe vera.

Composição Be(M)dita Ghee Banana: Hidratação (No Poo): Water and Coconut Water, Cetearyl Alcohol, Behentrimonium Metholsulfate, Aloe Barbadensis, Musa Nana Fruit Extract, Glycerin, Hypnea Mulsciformis Extract (and) Gellidiela Acerosa Extract (and) Sargassum Filipendula Extract (and) Sorbitol, Jojoba Oil, Cetrimonium Chloride, Dicocodimonium Chloride (and) Isopropil Alcohol, Caprylic/Capric Triglicerides, Cetyl Esters, Ricinus Comunis (Castor) Seed Oil, Fragrance/Parfum, Ocimum Basilicum Oil, Benzyl Alcohol (and) Benzoic Acid (and) Dehydroacetic Acid, Dissodium EDTA, Linallol, Eugenol.

Resenha Máscara Lola Signos - Gêmeos (com análise da composição de todos os signos).

Be(M)dita Ghee Abacaxi: Nutrição


Bemdita Ghee - Manteiga Vegana Nutritiva de Abacaxi - Lola



Com cheirinho de sobremesa de abacaxi, conheça a Ghee de Nutrição.

O foco aqui é nas manteigas vegetais para nutrição dos fios: Bacuri e Cacau.

Assim como na versão de hidratação, a Ghee de Abacaxi tem extrato da fruta, agentes condicionantes (Behentrimonium Chloride e Cetrimonium Chloride) e uma carga de aminoácidos.

Composição Be(M)dita Ghee Abacaxi: Nutrição (No Poo - contém silicone solubilizado): Water and Coconut Water, Platonia Insignis Butter, Theobroma Cacao Seed Butter, Sunflower Seed Oil, Ananais Sativus (Pineaple) Fruit Extract, Cetearyl Alcohol, Behentrimonium Chloride, Cetyl Esters, Cetrimonium Chloride, Bis-Cetearyl Amodimeticone (and) Ceteareth-7 (and) Ceteareth-25, Aqua (and) Bis-Aminopropil Dimethicone (and) Trideceth-12 (and) TEA-Dodecilbenzenesulfonate (and) Cetrimonium Chloride, Glycerin, Betaine (and) Sodium PCA (and) Sorbitol (and) Serine (and) Glycine (and) Glutamic Acid (and) Alanine (and) Lysine (and) Arginine (and) Threonine (and) Proline, Fragrance (Parfum), Citrus Aurantium Dulcis Peel Oil, Benzyl Alcohol (and) Benzoic Acid (and) Dehydroacetic Acid, Dissodium Edta, Citric Acid, Linallol, Limoneno.


Be(M)dita Ghee Mamão: Reconstrução


Bemdita Ghee - Manteiga Vegana Reconstrutora de Mamão - Lola

Na etapa de Reconstrução, a Lola trouxe o mamão para o centro das atenções.

Além do coquetel de aminoácidos (que são os tijolinhos que formam as proteínas), a Lola ainda colocou extratos hidrolisados de quinoa, baobá e arroz para aumentar a carga proteica.

O sistema de agentes condicionantes é diferente das outras duas máscaras (com Behentrimonium Methosulfate e Cetrimonium Chloride).

Composição Be(M)dita Ghee Mamão: Reconstrução (No Poo): Water and Coconut Water, Hydrolyzed Quinoa, Hydrolyzed Adansonia Digitata Seed Extract, Hydrolyzed Rice Protein, Betaine (and) Sodium PCA (and) Sorbitol (and) Serine (and) Glycine (and) Glutamic Acid (and) Alanine (and) Lysine (and) Arginine (and) Threonine (and) Proline, Carica Papaya (Papaya) Fruit Extract, Cetearyl Alcohol, Behentrimonium Methosulfate, Cetrimonium Chloride, Cetyl Esters, Ricinus Comunis (Castor) Seed Oil, Fragrance (Parfum), Citrus Reticulata Peel Oil, Benzyl Alcohol (and) Benzoic Acid (and) Dehydroacetic Acid, Dissodium Edta, Citric Acid, Limoneno, Linallol.



Oh! Maria - Clique aqui e conheça a linha de make da Lola.

Edição Limitada: Mini Cronograma Capilar Be(M)dita Ghee: Hidratação, Nutrição e Reconstrução + Lolabook



Infelizmente a edição especial do Cronograma de Ghees + Lolabook está esgotada.

Mas, para felicidade geral da nação, diga ao povo que as mini-ghees ficam!

Isso mesmo! A caixinha especial não será mais comercializada mas as versões de 100g do Cronograma Be(M)dita Ghee continuarão a ser vendidas.

Na caixinha abaixo você confere todos os links das Ghees de Hidratação, Nutrição e Reconstrução (nos tamanhos tradicionais e mini) lá na Dermabox!

sábado, 22 de setembro de 2018

Resenha Shampoo Low Poo Avon (Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques)

Compartilhe:
Resenha Shampoo Low Poo Avon - Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques

Resenha Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques: O Shampoo Sem Sulfato da Avon Liberado para Low Poo


Não tem mais desculpa!

Se até ontem você dizia que não fazia Low Poo porque não encontrava shampoo liberado, essa justificativa não cola mais.

A Avon, uma das gigantes do setor de cosméticos no país - conhecida pelo comércio direto feito por revendedoras da marca - agora tem um shampoo liberado para Low Poo.

É um Shampoo Sem Sulfato a uma revistinha de distância de você.

Qual a diferença entre Shampoo sem Sulfato e Shampoo sem Sal?

A Solução de Limpeza 3 em 1 da linha Advance Techniques é composta de surfactantes (detergentes) suaves e agentes condicionantes que dispensam o uso de condicionador.

Será que o Shampoo Low Poo da Avon funciona?

Na resenha da Solução da Limpeza 3 em 1 Advance Techniques a gente vai falar de vários aspectos desse shampoo sem sulfato: pH, embalagem,  se é liberado para Low Poo, um breve estudo dos ingredientes da composição, modo de usarresultado (com antes e depois) preço e onde encontrar.

Por isso, segue a leitura pra descobrir tudinho nessa resenha da Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques, o novo Shampoo Low Poo da Avon.




pH: Não Informado


Tentamos entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente da Avon desde o dia seis de setembro, sem termos retorno até o momento.

Assim que houver qualquer manifestação da marca em relação ao pH do produto a gente atualiza essa parte da resenha.

Descubra alguns Mitos sobre o pH dos Shampoos.

Produto liberado para Low Poo em julho/2018



Se você nunca ouviu as expressões No Poo e Low Poo, a gente já explica resumidamente para você.

Estes nomes estranhos são técnicas que propõe cuidados para os cabelos através de estratégias mais suaves de limpeza dos cabelos.

Na técnica No Poo, não se usam quaisquer shampoos, e a limpeza é feita principalmente com condicionadores adequados para a limpeza, chamada de co wash.

Co wash: Como fazer, Como começar, Como lavar corretamente, Como Potencializar e muito +. Descubra no link.

Já na técnica chamada Low Poo, os shampoos tradicionais são deixados de lado e buscam-se shampoos sem determinados "detergentes" (os sulfatos são exemplos de "detergentes proibidos").

Há uma série de ingredientes que precisam ser evitados ao adotar estas técnicas de cuidados.

Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques é um shampoo liberado para Low Poo, o primeiro Shampoo Livre de Sulfatos da Avon.

Crescimento Capilar também depende da escolha de um bom Shampoo. Descubra aqui o motivo para escolher um Shampoo Sem Sulfato.

Resenha Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques - Shampoo Low Poo da Avon Sem Sulfato
Embalagem


Seguindo o padrão das embalagens da Advance Techniques, o Shampoo Low Poo da Avon tem corpo em plástico fosco preto em formato cilíndrico e tampa do tipo flip top.

Para garantir a segurança durante o transporte, o frasco tem lacre, sendo necessário desrosquear a tampa e retirá-lo antes de usar.

Os dizeres do rótulo não usam a palavra shampoo, mas sim Solução de Limpeza 3 em 1 já que o produto tem a proposta de higienizar, condicionar e proteger a cor - mas se trata de um shampoo que dispensa o uso de condicionador, e não um cowash como algumas pessoas pensaram.

O conteúdo da embalagem é de 400ml.



Composição Shampoo Low Poo Avon


Se a Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques não se apresenta como um shampoo, com sabemos que ele é um shampoo?

É por isso que aqui no Cabeleira em Pé a gente sempre fala da composição dos produtos que resenhamos.

Vamos falar dos ingredientes do Shampoo Low Poo da Avon para entender melhor quais os mecanismos que nos dão pistas da ação dele nos cabelos?

Como estamos falando de um shampoo, nesta parte da resenha, vamos começar falando dos ingredientes associados à limpeza.

Os surfactantes utilizados na fórmula da Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques são o Disodium Cocoamphodiacetate e o Sodium Lauroyl Sarcosinate. O primeiro é um detergente suave em função de sua carga anfotérica e o segundo está entre as primeiras escolhas quando se quer fórmulas de limpeza suaves e sem sulfatos.⁵

É justamente pela presença em grande concentração desses surfactantes que podemos dizer que a Solução de Limpeza 3 em 1 é um shampoo.

Um grupo de ingredientes inédito nas resenhas do Cabeleira em Pé é uma classe de coadjuvantes de limpeza, substâncias que interagem com a o sebo do couro cabeludo.

É o caso do Dimethicone/ Vinyl Dimethicone Crosspolymer que consegue absorver óleos polares e apolares,⁷ tem alta capacidade de absorção de sebo, com ação matificante do couro cabeludo.⁶

Já o Perfluorononyl Dimethicone é lipofóbico e hidrofóbico,⁸ isso quer dizer que ele não tem afinidade nem com a água, nem com substâncias oleosas. Essas características ajudam no controle sebáceo e redução do tempo de secagem.⁸

Outros silicones aparecem na fórmula, como os nossos conhecidos Dimethicone e Amodimethicone, além do PEG-8 Dimethicone Meadowfoamate - uma "junção" de um silicone e um triglicerídeo. Este último melhora a penteabilidade dos cabelos tanto molhados quanto secos⁹ e, em teste de tensão, deixou o fio 27% mais forte do que o controle não-tratado.

Que tal ler mais um pouco sobre  
Funções dos Silicones nos cabelos.

O uso destes silicones vem ao  encontro da proposta da Solução de Limpeza 3 em 1 da Avon de ser um shampoo que dispensa condicionamento, silicones e outros agentes emolientes (como os emolientes Lanolin Cera e Triisostearyl Trilinoleate), fazem o papel de condicionamento dos fios já durante a lavagem.

O mesmo pode se afirmar do amido de trigo, que também ajuda a condicionar os fios em função de sua estrutura polimérica.¹⁰

Para trazer umidade para as fibras e hidratar os cabelos, dois ingredientes higroscópicos: a Hydrolized Wheat Protein e o Sodium PCA (uma substância presente naturalmente no stratum corneum - a camada mais externa da epiderme, parte importante da função de barreira da pele).¹¹

O que são ingredientes Hidratantes, Umectantes e Oclusivos em cosméticos para os cabelos?

Que tal dar uma olhada na lista completa da composição do Shampoo Low Poo da Avon? É só conferir a próxima seção da nossa resenha.

Algumas palavras-chave das descrições dos ingredientes têm links que explicam melhor o que cada classe de insumos faz.

Substâncias usadas em funções de conservação, fragrância e coloração são "riscados" (dessa forma) apenas para destacar os demais ingredientes - que agem efetivamente sobre a aparência dos fios.



Ingredientes Shampoo Low Poo - Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques - Avon


Aqua: Água.

Disodium Cocoamphodiacetate: Surfactante anfótero. Cauda com 16 carbonos.

Sodium Pca: Sal do aminoácido PCA. Umectante.

Hydroxyethylcellulose: Aglutinante. Estabilizante. Formador de filme. Espessante.

Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride: Aglutinante. Espessante. Agente Condicionante. Surfactante Catiônico.

Sodium Lauroyl Sarcosinate: Surfactante aniônico derivado de aminoácido. Cauda com 15 carbonos.

Thiodipropionic Acid: Antioxidante

Parfum: Fragrância.

Lanolin Cera: Lanolina Fracionada. Agente CondicionanteEmoliente.

Perfluorononyl Dimethicone: Um fluorosilicone. Hidrofóbico e Lipofóbico. Insolúvel em água.

Phosphoric Acid: Ajustador de pH.

Dimethicone Peg-8 Meadowfoamate: A complexação entre um silicone e um triglicerídeo. Solúvel em água. Agente Condicionante.

Dimethicone: Silicone insolúvel em água. Agente Condicionante. Silicone.

Amodimethicone: Aminosilicone Insolúvel em água. Agente CondicionanteSilicone.

Methylparaben: Conservante.

Dimethicone/ Vinyl Dimethicone CrosspolymerSilicone. Absorvedor de óleos polares e apolares.

DMDM Hydantoin: Conservante.
Disodium EDTA: Agente Quelante.

Triisostearyl TrilinoleateEmoliente.

Hydrolyzed Wheat Protein: Proteína hidrolisada de trigo. UmectanteAgente Condicionante. Condicionante Proteico.

Sodium Hydroxide: Ajustador de pH.

Wheat Amino Acids: Aminoácidos do trigo.

C12-14 Pareth-12: Emulsificante.

Hydrolyzed Wheat Starch: Amido hidrolisado de trigo.

Isostearyl AlcoholEmoliente. Espessante.

Trilinoleic Acid: Espessante.
Benzyl Salicylate: Fragrância.
Butylphenyl Methylpropional: Fragrância
D-Limonene: Fragrância.
Hexyl Cinnamal: Fragrância.
Linalool: Fragrância.

Você sabia que Nem todo Shampoo sem Sulfato é Liberado para Low Poo? Entenda neste link e evite comprar gato por lebre.

Aparência geral (Textura, cor e cheiro) 


Shampoo Low Poo Avon - Solução de Limpeza 3 em 1 Sem Sulfato
O Shampoo Low Poo da Avon tem de coloração branca, levemente transparente e aparência leitosa.

A textura do shampoo é viscosa, mas não a ponto de prejudicar a espalhabilidade do produto.

A produção de espuma é zero, talvez este seja o principal motivo para a Avon ter escolhido o termo Solução de Limpeza ao invés de shampoo.

O perfume é fresco, doce e levemente mentolado.



Como usar o novo Shampoo Sem Sulfato da Avon (Solução de Limpeza 3 em 1)


Não tem segredo, mas tem um pulo do gato, presta atenção.

O produto é um shampoo que dispensa condicionador e parte da limpeza (como todo shampoo liberado para Low Poo) depende da massagem.

Então, aplique uma quantidade suficiente para cobrir o couro cabeludo todo, massageie usando as pontas dos dedos (e nunca as unhas) e prolongue essa massagem sem esquecer de nenhum cantinho da cabeça.

Agora o pulo do gato: depois de massagear, espalhe o produto para o comprimento e pontas dos fios e deixe agir por até 3 minutinhos.

Aí é só enxaguar em abundância.

Gosta de usar óleos para as pontas? Veja aqui a Lista de Óleos da Avon Liberados para Low Poo.

Resultado Shampoo Low Poo - Avon (Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques)


Antes e Depois Shampoo Sem Sulfato Avon Advance Techniques Solução de Limpeza 3 em 1
Como em todos os testes de shampoo, acima temos um antes e depois.

O Shampoo sem Sulfato da Avon foi capaz de limpar a oleosidade do couro cabeludo, deixando a raiz soltinha e visivelmente limpa.

Resultado Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques - Shampoo Low Poo da Avon
O processo de lavagem também é tranquilo e - apesar de não ter espuma - sente-se a textura do produto durante a aplicação.

Ao espalhar para o comprimento e pontas o produto desenvolveu bem o papel de desembaraçamento, principalmente se você deixar agir por um minutinho antes de começar a desembaraçar.

Tanto a raiz quanto o comprimento ficaram com aspecto escorregadio, macio e bem brilhantes. Os cabelos também pareceram formar menos nós ao longo do dia.

As fotos - por incrível que pareça - foram tiradas no final do dia da lavagem em que se usou apenas o shampoo: sem condicionador, sem máscara e sem qualquer finalizador.

Descubra com o Cabeleira em Pé as Vantagens e Desvantagens de Multifuncionais para os Cabelos.

Onde comprar a Solução de Limpeza 3 em 1 Advance Techniques - o Shampoo Low Poo da Avon


Preço e Onde encontrar o Shampoo Low Poo Avon - Advance Techniques para comprar (Resenha Completa)
O principal meio de venda dos produtos Avon é através das revendedoras da marca.

A marca se orgulha de empoderar mulheres através da independência financeira e autonomia proporcionada pelos lucros dos produtos vendidos por mulheres do mundo todo.

Pense com carinho em comprar com uma revendedora, mas se isso não for possível, a Avon também tem loja virtual, a Avon Store - onde os produtos do seu catálogo podem ser comprados pela internet.

O preço regular na edição de lançamento era de R$27,99 e a marca tem promoções periódicas do produto.


__________

Referências


¹ Kumar, A. & Mali, R. R. (2010). Evaluation of prepared shampoo formulations to compare formulated shampoo with marketed shampoos. International Journal of Pharmaceutical Sciences Review and Research v03 e01.
² Mainkar, A. R. & Jolly, C.I. (2001). Formulation of natural shampoos. International Journal of Cosmetic Science v23 e01.
³ Davis-Sivasothy, Audrey. (2011). The Science of Black Hair: A Comprehensive Guide to Textured Hair. SAJA Publishing Company.
⁴ Maria Fernanda Reis Gavazzoni Dias, Andréia Munck de Almeida, Patricia Makino Rezende Cecato, Andre Ricardo Adriano, and Janine Pichler. (2014). The Shampoo pH can Affect the Hair: Myth or Reality? Int J Trichology. 2014 Jul-Sep; 6(3): 95–99
⁵ Cornwell, P. A. (2017). A review of shampoo surfactant technology: Consumer benefits, raw materials and recent developments. International Journal of Cosmetic Science, 16–30. https://doi.org/10.1111/ics.12439
⁶ Starch, M. (2012). New Developments in Silicone Elastomers for Skin Care. Dow Corning Corporation.
⁷ DOW CORNING. (2017). DOWSILTM 9506 Powder. Technical Data Sheet.
⁸ Phoenix Chemical, I. (n.d.). Fluorosilicone Fluids - Technical Data Sheet. Retrieved from http://www.esp-sa.co.za/img/COSMETIC_PDF/HAIR/Pecosil_FS_Series.pdf
⁹ O’Lenick Jr., A. J., & Kenny, T. (2010). Comparatively Speakingmdash;PEG-8 Dimethicone vs. PEG-8 Dimethicone Meadowfoamate. Retrieved September 6, 2018, from https://www.cosmeticsandtoiletries.com/formulating/category/haircare/104854394.html
¹⁰  Johnson, D. H. (1997). Hair and hair care. Marcel Dekker.
¹¹ Loden, M. (2005). The clinical benefit of moisturizers. Journal of the European Academy of Dermatology and Venereology, 19(6), 672–688. https://doi.org/10.1111/j.1468-3083.2005.01326.x
ç