sábado, 30 de abril de 2016

Caspa: Produtos Liberados para No Poo

Compartilhe:

Garota com casaco azul escuro com a cabeça cheia de neve

A caspa é normalmente um sinal de que algo não vai bem com o seu couro cabeludo.

Sabemos de muitos adeptos das técnicas No Poo e Low Poo que deixam de visitar o dermatologista por medo de que o médico indique um shampoo com sulfato.

Lembre-se que a comunicação entre o médico e o paciente apesar de parecer hierarquicamente desequilibrada não deve ser encarada dessa forma.

Converse com o profissional em questão até chegarem a um consenso. Sempre seja claro e sincero com quem cuida da sua saúde.


Não dá para substituir?


Você pode chegar em sua consulta com uma lista de produtos liberados para a sua técnica - acompanhados de suas composições - e perguntar se o produto que ele(a) indica não pode ser substituído por algum daqueles liberados em sua lista.

O profissional não tem obrigação de saber quais produtos são liberados para No Poo, mas deve saber informar (mediante a composição) se a substituição pode ser feita.

Conhece os Pré-shampoos de limpeza? Confira opções de produtos esfoliantes, detox, Peelings e antirresíduos para intensificar a higienização dos fios e couro cabeludo.

Produtos Anticaspa Liberados para No Poo


Para aqueles que querem buscar produtos liberados para as técnicas, seja para sugeri-los aos seus dermatologistas ou tentar contornar o problema sem ajuda de um profissional, garimpamos os seguintes produtos liberados para No Poo (podem ser usados por quem faz Low Poo também):





Composição produtos anticaspa liberados para No Poo:



Está gostando deste texto? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma atualização do Cabeleira em Pé:



1)  Condicionador Alecrim - Haskell (liberado para cowash): Aqua, cetearyl alcohol, cetrimonium chloride, phenoxyetanol (and) methilparaben (and)ethylparaben (and) propylparaben (and) buthylparaben, parfum, disodium edta, d-limonene, citric acid, linalool, butylene glycol (and) aqua (and) ppg-26-butheth-26 (and) PEG-40 hydrogenated castor oil (and) apigenin (and) oleanolic acid (and) biotinoyl tripeptide-1, rosmarinus officinalis extract, salvia officinalis extract, CI 74180 (and) CI 19140, CI 42090.

2) Condicionador Anticaspa - Phytoervas(cowash desaconselhado¹): Aqua, cetyl alcohol, stearamidopropyl dimethylamine, behentrimonium chloride, cetrimonium chloride, glycerin, cetearyl alcohol, behentrimonium methosulfate, achillea millefolium extract, zizyphus joazeiro bark extract, citrus limon fruit extract, salvia officinalis leaf extract, mentha arvensis leaf extract, rosmarinus officinalis leaf extract, quillaja saponaria bark extract, butylene glycol, allium sativum bulb extract, silanediol salicylate, triethanolamina, polysilicone-3, ceteareth-20 disodium EDTA, citric acid, methylchloroisothiazolinone, methylisothiazolinone, triticum aestivum germ extract, linum usitatissimum seed extract, chenopodium quinoa seed extract, piroctone olamine, octadecyl DI-T-Butyl-4-Hydroxyhydrocinnamate, parfum.

3) Ampola Anticaspa - Skafe: Aqua, Sorbitol, Propylene Glycol, Bambusa Vulgaris extract, Álcohol, Glycyrrhiza Glabra Rhisome,, Rose Extract, Hydrolyzed Rhodophycea Extract, Cichorium Intybus leaf extract, Bertholletia Excelsa Seed Oil, Menthol, Biotin, Panthenol, Dimethicone Copolyol, Piroctone Olamine, Diazolidinyl Urea, Iodopropynyl Butylcarbamate, Citric Acid, CL 42090, Parfum, Linalool, Alpha Isomethyl Ionone, Benzil Salicyate, Hexyl Cinnamal.



4) Loção Octol - Bioextratus: Aqua (Water), Propylene Glycol, PPG - 1 - PEG - 9 Lauryl Glycol Ether, Arctium Majus (Burdock) Root Extract, Baccharia Trimera Extract, Propolis Extract, Parfum (Fragrance), Amyl Cinnamal, Benzyl Salicylate, Butylphenyl Methylpropional, Citronellol, Eugenol, Hexyl Cinnamal, Hydroxyisohexyl 3 - Cyclohexene Carboxaldehyde, Limonene, Linalool, Methylparaben, Imidazolidinyl Urea, Piroctone Olamine, Disodium EDTA, Citric Acid. 

5) Tônico de Alho - Gota Dourada: Alcohol, Allium Sativum Extract, Calendula Officinalis Extract, Aloe Barbadenis Extract, Parfum (Hexyl Cinnamal, Limonene, Coumarin, CI 19140, Allium Sativum, Aqua (water).

Você está higienizando bem o seu couro cabeludo? Confira essa lista de produtos para Cowash com anfótero na composição.

Não desista


Se não for possível fazer o tratamento anticaspa com produtos liberados, não se preocupe.

Não há impedimentos para você voltar às técnicas depois de resolver o problema da caspa.

Lembre-se: sua saúde em primeiro lugar!


Quer receber as atualizações do Cabeleira em Pé por e-mail? Preencha o campo abaixo, clique em "Quero me inscrever!" e siga as instruções da página que será aberta. Não esqueça de confirmar a inscrição clicando no link enviado para o seu endereço eletrônico (verifique também a sua caixa de spam).



__________
¹ Contém silicone solúvel em água.

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Toalhinha de microfibra para secar o cabelo: Será que isso funciona?

Compartilhe:
três tecidos de cores laranja, azul e verde se encontram ocupando toda a fotografia

Tolha de microfibra diminui o frizz dos cabelos?


Muitos frequentadores do blog gostam de dar um pulo aqui por procurarmos embasar nossos textos em artigos ou livros que relatam experiências usando método científico.

Dessa vez procuramos por toda a parte e não conseguimos encontrar nenhum dado a respeito de um grande aliado dos nossos cabelos: Toalhas de microfibra!

Descubra porque as ferramentas de modelagem como a chapinha, o secador e o baby-liss fazem mal para os cabelos.

Nosso interesse nesta forma de secar os cabelos se deu há um tempo atrás, quando descobrimos um par de luvas de uma marca dedicada ao cuidado de cabelos cacheados.

Pesquisando um pouco descobrimos que elas são usadas para secar os cabelos.

Começamos a discutir qual seria a diferença entre estas luvas e a aquela camiseta de algodão velhinha, nossa companheira desde antes de começarem as pequisas do Cabeleira em Pé.

Iniciou-se então uma busca por informações de justificativas para a microfibra ser menos agressiva com os fios do que o algodão. Sem sucesso.

Mesmo assim, resolvemos testar. Afinal de contas, é na prática que a gente comprova se algo funciona ou não.

Aqui temos outras experiências com os cabelos
Sempre nos perguntando: Será que isso funciona?

Onde comprar luvas de microfibra para secar os cabelos


Foi assim que descobrimos - em uma loja de quinquilharias - estas luvas de limpeza feitas de microfibra.

A princípio a compra foi de uma unidade.

Duas semanas depois (com a aprovação da primeira) foi preciso voltar para comprar outra!

Luva de microfibra dentro da embalagem com dizeres em caracteres orientais
Palece que as minhas luvas selvem, oliginalmente, 
para limpar eletlônicos, telas de LCD e pelsianas, né!

O uso destas luvinhas de limpeza diminui bastante o frizz.

Além disso, o cabelo parece secar mais rápido do que com a camiseta de algodão.

Nota-se também a diminuição do embaraçamento, com a vantagem de ser mais fácil amassar os fios com esse formato de "luva" do que com uma toalha convencional.

A quebra também parece ter diminuído.

Acreditamos que isso possa se dar porque ao invés de torcer os cabelos dentro da camiseta de algodão (ou da toalha), eles são acariciados tá bom apertados também pelas luvas de microfibra.

tres luvas de microfibra em leque sendo a inferior de cor laranja, a do meio azul e a sobreposta às demais verde

Além da sessão "Será que isso funciona?" temos um espaço dedicado às
resenhas de produtos liberados para No Poo e Low Poo.

Manutenção de toalhas de microfibra para os cabelos


Não parece ser necessário nenhum cuidado diferente com as toalhas de microfibra.

Usa-se da mesma forma que se usa uma toalha, pode ser lavada na máquina (mas isso estraga o "punho" das luvas) e seca normalmente no varal.

Normalmente ela é usada durante uma semana, lavada na máquina com roupas de cama e toalhas, estendida no varal.

Agradeço muito à curiosidade que, mesmo sem evidências científicas, deu aquele empurrãozinho em direção do mundo colorido e sem frizz das toalhas de microfibra!

Prefere secar os cabelos com o secador? Não esqueça de se proteger. Confira nesta lista Protetores Térmicos liberados para No Poo e Low Poo - e suas temperaturas máximas de proteção.

Aprovado!


Aproveite para assistir a última resenha do Canal do Cabeleira em pé no Youtube.


Não esqueça de se inscrever no nosso canal:

quinta-feira, 28 de abril de 2016

O enxágue com vinagre precisa ser com vinagre de maçã?

Compartilhe:
Garrafas compridas com líquidos amarelo e rosado

Vinagre nos cabelos: maçã, vinho, uva, branco, álcool, arroz...


O uso do vinagre nos cabelos remonta ao império romano.6 O tempo passou e continuamos extrapolando esse líquido azedo dos nossos pratos para outros espaços das nossas vidas.

É comum em fóruns e comunidades sobre as técnicas de No Poo e Low Poo, se deparar com perguntas a respeito do condicionamento com vinagre. A resposta varia de acordo com quem a dá.

Atrás do seu gel do coração? Veja neste post 6 opções liberadas de gel líquido para seus cabelos.

Cada um aconselha uma porcentagem diferente de diluição do vinagre em água e que a mistura seja distribuída sobre os fios já lavados.

Alguns sugerem um tempo de pausa, outros não.

Alguns dizem ser essencial o enxágue, outros afirmam o contrário.

Há aqueles ainda, que afirmam que só funciona se o vinagre for orgânico, outros que por experiência dão testemunho dos milagres do vinagre de supermercado.

Uma coisa entretanto é quase unanimidade nestes grupos: O vinagre tem que ser de maçã!

PARABENOS: Fazem mal? Dá câncer? Provoca Alergia? É um desregulador endócrino? Mimetiza o estrogênio? Penetra no corpo através da pele? Faz mal pro meio ambiente? Descubra neste link.

Será que o vinagre tem que ser de maçã mesmo?


Essa colocação foi importada de sites estrangeiros, em especial os americanos, e talvez essa seja o principal motivo da unanimidade de indicação do vinagre de maçã. Em terras estadunidenses os vinagres mais populares são o de álcool e o de maçã.

O vinagre de álcool é produzido a partir do etanol diluído em água, e por esse motivo não é rico em nada a não ser ácido acético (microrganismos oxidam o álcool transformando-o nessa substância que confere ao vinagre o sabor azedinho).

Um vinagre de maçã de boa qualidade, entretanto, tem, além do ácido acético um poquinho de vitaminas, pectina e sais minerais¹ - por se tratar de um vinagre feito a partir de uma bebida alcoólica de fruta (a Sidra).

Os vinagres de vinho tinto, vinho branco e arroz também possuem vitaminas e minerais, justamente porque suas fontes também são naturais.

Aparentemente, a indicação de vinagre de maçã se dá por motivos culturais norte-americanos. Já aqui em nossas terras, sendo o vinagre natural mais popular o de uva/vinho, não há motivos para uma ditadura do vinagre de maçã.


Está gostando deste texto? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma atualização do Cabeleira em Pé:



Todo o vinagre tem um pouquinho de álcool


Algumas pessoas afirmam que somente o vinagre de maça é indicado pois ele não possui álcool na sua composição, o que não é verdade. Por determinação da EMBRAPA todo o vinagre deve ter um pouco de álcool.

Se não fosse assim, as bactérias responsáveis pela transformação do álcool em ácido acético consumiriam o próprio vinagre. A legislação brasileira estabelece em no máximo um por cento o teor alcoólico para o vinagre.

9 Motivos pelos quais seus produtos não fazem efeito no seu cabelo.

Outras informações


Há estudos do uso de vinagres não-gastronômicos como o ácido pirolenhoso (chamado de vinagre de madeira - usado na agricultura orgânica), no combate à queda de cabelos². O uso desta substância não é seguro (se feito em casa) pois nestes experimentos foram necessárias diversas etapas de purificação. Este ácido, quando in natura, contém substâncias perigosas que precisam ser isoladas do vinagre em si. #ficaadica

Outra possibilidade do vinagre é o amaciamento  da água dura para  evitar resíduos indesejáveis no cabelo. Indica-se também o uso de qualquer vinagre, sem especificação de nenhum tipo³.

Nenhuma das informações dadas no livro de cuidados para pele e cabelos da Associação Americana de Medicina (AMA) sugere o vinagre de maçã especificamente, usa-se sempre o termo vinagre.4

Outras fontes5 americanas indicam tanto o vinagre quanto o limão para enxágue dos cabelo.

Entenda aqui o que é ARC - Acúmulo de Resíduos no Cabelo.

Mas por que usa-se o vinagre, afinal?


A principal função do enxágue com vinagre é a acidificação dos fios (já que o pH do líquido gira em torno de 2,2 a 3,5). O pH da mistura de água e um pouquinho de vinagre é ácido o suficiente para selar a cutícula do fio, garantindo brilho podendo até manter a hidratação por mais tempo.

A leitura dos textos abaixo pode ajudar você a entender porque o enxágue com vinagre faz bem para os cabelos, clique:


Para isso não é necessário o uso exclusivo do vinagre de maçã. Qualquer vinagre funcionará, até o de álcool.

Entretanto, ao eleger o vinagre do seu coração, lembre-se de outras vantagens que poderão ser adicionadas ao seu enxágue se o vinagre contiver outras vitaminas e minerais.

Por isso, se possível, opte por vinagres de qualidade provenientes de frutas ou outras fontes naturais. Mas se isso não for possível, até o vinagre de álcool fará o serviço de "fechar" as escamas da cutícula dos seus cabelos.

Veja nossos posts de lançamentos de 2017 para seus cabelos:


 __________
¹ Kalyani Barve & Apurva Dighe. (2016). The Chemistry and Applications of Sustainable Natural Hair Products. Springer
² Young-Ho Cho; Ju-Yeon Lee; Jong-Hwa Lee; Jae-Su Cho; Gye-Won Lee. (2009). Evaluation of Stability in the Purified Wood Vinegar and Its Hair Growth Effect. Journal of life Science v. 19 ed. 10.
³ Erich Keller. (1999). Aromatherapy Handbook for Beauty, Hair, and Skin Care. Inner Traditions / Bear & Co.
4American Medical Association Book of Skin and Hair Care, Schoen, L A, Ed., J.B. Lippencott Co., New York, 1976
5 Michael P. Vogel. (1994). Alternatives to hazardous and hard-to-dispose-of household products. Solid Waste Management Montana State University.
6 Oliveira, Ricardo A. G. De et al. (2014). A química e toxicidade dos corantes de cabelo. Química Nova. Sociedade Brasileira de Química, v. 37, n. 6, p. 1037-1046.

terça-feira, 26 de abril de 2016

Será que isso Funciona? Shampoo com água de aveia

Compartilhe:



Aconselhamos a leitura até o final do texto.

Shampoo Natural de Aveia


Testamos essa receita porque na teoria ela parecia funcionar muito bem.

Aqui temos outras experiências com os cabelos. Sempre nos perguntando: 
Será que isso funciona?

A explicação para a teoria de que a aveia funciona como higienizador capilar seria a seguinte: Quando aquecida, a aveia libera na água substâncias chamadas "saponinas".

Simplificando, essas estruturas químicas tem um lado que se dá bem com a água e outro lado que tem afinidade com gorduras, fazendo o papel de emulsificante (como se fosse um detergente).

Para fazer o higienizador capilar de aveia seguimos os seguintes passos (adaptados de uma experiência de análise comparativa usando imagens microscópicas dos resíduos nos cabelos depois de alternativas de lavagem¹):

Ingredientes:


1 copo de água
1/4 copo de aveia em flocos

Preparo:


Junte ambos os ingredientes e leve ao fogo até formar pequenas bolhas.

Deixe amornar e coe  a mistura (usamos um pano de prato limpinho). 

A parte líquida - supostamente - é onde estão diluídas as saponinas.

Portanto é essa a parte utilizada para a higienização do couro cabeludo.

PARABENOS: Fazem mal? Dá câncer? Provoca Alergia? É um desregulador endócrino? Mimetiza o estrogênio? Penetra no corpo através da pele? Faz mal pro meio ambiente? Descubra neste link.

Como usar:


Transferi o líquido (meio pegajoso) para um tubo de bico fino para aplicar no couro cabeludo.

Espalhei sem medo pela cabeça toda enquanto a meleca escorria pelos fios.

Fiz uma pausa gosmenta de 10 minutos de pausa e corri para o enxágue.

Quer aprender a identificar os óleos que penetram nos fios e aqueles que ficam do lado de fora? Confira estes 3 textos e faça escolhas mais inteligentes na hora de nutrir, umectar e finalizar os fios com óleos vegetais:


Será que o shampoo de aveia funciona? 


Queríamos muito que esse higienizador desse certo. 

Queríamos tanto que o post estava escrito (como se desse certo) antes mesmo de fazer o experimento.


Mas não funcionou. 


Está gostando deste texto? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma atualização do Cabeleira em Pé:



A sensação é que a oleosidade da raiz só foi espalhada para a extensão dos fios.

Os fios ficaram secos, duros e opacos. 

Além disso continuaram bastante sujos. 

Foram necessárias duas semanas de cuidados mais intensos para revitalizar os fios. 

Testado e reprovado!


Já testou alguma receita maluca e quer dividir conosco o resultado? Conta pra gente: 

__________
¹http://www.thenaturalhavenbloom.com/2015/05/hair-science-how-well-do-mild-cleansers.html

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Resenha Ampola Blue Saphir (Semi di Lino) Gllendex - Misturada com Hidratação

Compartilhe:
Resenha Ampola Blue Saphir (Semi di Lino) Gllendex azul misturada com hidratação, será que dá certo?
A Ampola Condicionadora Blue Saphir - Semi di Lino da Gllendex promete fechar as escamas da cutícula e doar sedosidade ao Cabelo. O teste será feito misturada com um creme de hidratação, Vamos lá?



pH: 3,5

Ponto para a Gllendex! Não fica só na promessa a proposta de fechar as escamas da cutícula com esta ampola. O pH ácido realmente auxilia o processo de selar os fios.

Entenda porque o pH é importante para os cabelos
 

Produto não vegano liberado No e Low Poo em outubro/2015


A ampola não possui nenhum ingrediente proibido para No ou Low Poo.

O produto contém PEG-75 Lanolin, substância obtida a partir da lã de carneiro, o que faz dele um produto não vegano e contraindicado para quem tem alergia à lã de ovelha.

Embalagem 


O produto vendido em flaconetes plásticos cilíndricos, como a maior parte das ampolas de tratamento.

O conteúdo é de 15ml, suficiente para um cabelo médio e cheio ou comprido e menos cheio.

A embalagem tem tampa que funciona. Isso é interessante porque você pode usar metade, fechar a tampinha e usar alguns dias depois o restante, caso seu cabelo não seja grandão.

Composição 

Quer saber quais os componentes da Ampola Blue Saphir (Semi di Lino) Gllendex? Veja nesta resenha

A composição apresenta além do extrato da semente de linhaça (semi di lino / linho / flaxseed) outros agentes condicionantes e Umectantes.

Não parece uma fórmula revolucionária,mas às vezes são estas fórmulas simples que nos deixam surpresos.

No mesmo esquema de sempre (riscando os ativos da fórmula que só tem funções técnicas). Vamos ao ingrediente-a-ingediente:

Propylene GlycolUmectante

Cetrimonium ChlorideAgente Condicionante. Surfactante Catiônico. Emulsificante: Mantém o produto em uma fase só (água e óleos misturados).

Methylchloroisothiazolinone: Conservante.
Alcohol: Conservante, fragrância, solvente.

Myristyl AlcoholEmoliente. Surfactante.

Linum Usitatissimum seed extract: Extrato de semente de linhaça. É rico em ômega-3. Também é fonte de vitaminas B1, B2, B3, B5(especialmente benéfica para o cabelo), B6, B9, C, fósforo, magnésio, zinco, cálcio, ferro e potássio.

Peg-75 LanolinEmoliente e Surfactante.

CL42090: Corante

Polyquaternium-6: Antiestático. Formador de Filme. Pode ser usado em fixadores de cabelo.

D-Limonene: Perfume
Linalool: Fragrância.
Hexyl Cinnamal: Fragrância
Parfum: Perfume
Aqua: Água.


Quer comprar cosméticos mas não gosta da abordagem de quem os vende? Se divirta com as Dicas para fazer compras de Perfumaria em paz.

Aparência geral (Textura, cor e cheiro) 



O produto é um líquido azul transparente.

O cheiro é forte e lembra perfume masculino.

Lembra também a linha Seda-Ceramidas nos anos 90.

Modo de uso (quantidade, e ritual) 


Em um pote transparente estão misturados de forma marmorizada o creme branquinho e o líqido da ampola em azul brilhante.

Misturei o conteúdo de meia ampola com 2 colheres de sopa de creme hidratante (usei o Monange rosa).

Com os cabelos lavados, apliquei no comprimento e espalhei pelos fios.

Deixei agir por 30 minutos.

Enxaguei em abundância. Sequei com toalha de microfibra e penteei.

Quer saber qual a ação desta ampola sem a mistura com máscara de hidratação? Veja na Resenha da ampola Semi di Lino Blue Saphir da Gllendex.

Resultado 


O cabelo fica meio encapadinho, sabe?

Com um toque seco (não confundir com textura seca) e volume.

Os fios ganham pouco peso e ficam bem esvoaçantes.

O cheiro permanece depois de seco, mas fica mais suave.

Levando em consideração que se trata de um produto liberado para No Poo achei interessante o fato do cabelo ficar com uma aparência parecida com produtos que tem silicone, com o benefício de um toque mais sequinho.

Fotos sem creme para pentear / Leave in / Óleo.

Não deixe de nos integrar à sua rede social favorita: 

Preço e onde encontrar


O valor de cada ampola varia entre 7 e 12 reais.

Muitas vezes elas ficam em vasilhas transparentes perto dos caixas, por isso reserve um pouquinho do orçamento para estas miudezas que só encontramos no balcão de saída.

A distribuição da Gllendex é boa e as ampolas são encontradas com facilidade em grandes lojas de cosméticos.

Gosta de Resenhas? Aqui você encontra mais
resenhas de produtos liberados para No Poo e Low Poo.


sábado, 23 de abril de 2016

Devo condicionar o cabelo depois da máscara de tratamento?

Compartilhe:


Qual a ordem correta para utilização dos produtos de cabelo?


Confira a série de materiais sobre pH no Cabeleira em Pé:


Devo usar a máscara antes ou depois do condicionador?


A resposta é a nossa preferida: Depende.

Levando em consideração apenas o aspecto da acidez dos produtos, podemos concluir o seguinte:

Se uma máscara de tratamento tem pH mais ácido (mais baixo) que o seu condicionador, não é necessário usar o condicionador após o tratamento com a máscara.

A ideia é que o último produto usado seja aquele cujo pH é mais baixo ácido.

Não deixe de nos integrar à sua rede social favorita: 

Se o pH da máscara é alcalino, isso quer dizer que ela é ruim?


Não necessariamente.

Se o creme de tratamento tem um pH mais alto alcalino, não quer dizer que ela seja ruim.

Mas, nestes casos, o ideal é que, após o uso deste produto menos ácido, os fios sejam presenteados com um condicionador (ou acidificante) após o enxágue daquele produto cujo pH é mais alto alcalino.

É por esse motivo que muitas pessoas que buscam formas mais naturais de cuidar dos cabelos usam o enxágue com água e algumas gotas de vinagre de maçã como alternativa ao condicionador.

A acidez dessa mistura é suficiente para selar a cutícula do cabelo.

Algumas pessoas usam Vinagre de maça como condicionador. Será que outros tipos de vinagre também funcionam?

Mas cuidado, acidez demais também prejudica o fio.

Estamos sempre atentos aos lançamentos no mercado de cabelos. Confira abaixo todas as edições de 2016 do 'Lançamentos Liberados':


sexta-feira, 22 de abril de 2016

Termos técnicos: Emoliente

Compartilhe:
menina com óleos vegetais

As resenhas aqui no Cabeleira em Pé , contam com uma sessão de análise das funções dos componentes de fórmulas cosméticas.

Alguns desses nomes são meio  complicados, pois seus significados (no dicionário e no dia-a-dia) são muito parecidos, sendo usados comumente como sinônimos.

Confira neste link Todas as Resenhas do Cabeleira em Pé.

Em bases de pesquisa de ingredientes, como a EWG, a Truth in Aging e a Cosmetics Info estes termos são amplamente utilizados para definir as funções dos ativos cosméticos.

Alguns destes termos são usados extensivamente para classificar as substâncias de produtos cosméticos e resolvemos pesquisá-los mais a fundo para entender melhor do que se tratam e usar a terminologia correta nas nossas resenhas de produtos para pele e cabelos.

As empresas publicitárias se aproveitam disso. Usando termos que dão um ar científico às suas propagandas.¹ Por isso, fique atento, conheça os termos mais usados.

Já comprou gato por lebre por não conhecer algum termo técnico? 
Conta pra gente! O espaço de comentários é pra nos aproximar de você!

O termo a ser aprofundado nesta postagem é: Emoliente


O que são substâncias Emolientes?


Estes ingredientes são, na sua maioria, óleos e lipídios responsáveis pela correção temporária de pequenas falhas na cutícula capilar.

A maioria destes compostos (silicones, poliquaterniums...) é hidrofóbica (repele água), funcionando bem em produtos anti-frizz.

Entretanto, algumas delas, como proteínas hidrolisadas, óleos e manteigas vegetais, tem pequenas estruturas hidrofílicas (que atraem água), conferindo também propriedades umectantes.

Os ativos emolientes conferem aos cabelos maciez proporcionando um toque mais suave - sem necessariamente deixar os fios oleosos ou grudentos ao toque.

Está procurando Ampolas liberadas para No Poo? Clique aqui e confira uma lista com 10 opções para você.

Ingredientes Emolientes comuns em Cosméticos 2, 3, 4  


Cetyl Acetate
Cetyl OleateCyclomethicone
Decyl Oleate
Dimethicone
Dimethicone Copolyol
Glyceryl stearates
Isopropyl Palmitate
Methyl Palmitate

Emolientes Naturais 2, 3, 4  


Óleo de Mamona/Rícino
Óleo de Jojoba
Lanolina
Óleo de Abacate
Óleo de Girassol
Óleo de Gérmen de trigo

Faça escolhas inteligentes, teha sempre com você nossa Lista de óleos vegetais que penetram nos fios.

Entendi, e agora?


Sabendo o que são emolientes você vai entender melhor as resenhas de produtos tanto para pele quanto para cabelo aqui do blog.

Se você tiver paciência, e se virar um pouquinho no inglês, usando as bases de pesquisa de ingredientes citadas no início do artigo, você pode escolher melhor os produtos para o seu tipo de cabelo.

Você poderá pensar nas necessidades específicas do seu fio dependendo do momento.

Será possível também otimizar a compra de um produto levando em consideração o clima do local no qual você mora.

Deu para entender o que são os emolientes? Não?!

Então deixe a sua dúvida nos comentários!

Prometemos que faremos o possível para esclarecer qualquer ponto obscuro.


Gostou deste texto? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma atualização do Cabeleira em Pé:


__________
¹ Denise Durante (2007). A seleção vocabular como estratégia argumentativa dos textos publicitários. Revista Diadorim, 2007, vol. 2, pp. 115-130. ISSN: 1980-2552
² Heather Brannon (2014) Understanding Moisturizer Ingredients. Dermatology.About.Com
³ J. N. Kraft, BSc (Hons) and C. W. Lynde, MD, FRCPC (2005). Moisturizers: What They Are and a Practical Approach to Product Selection. Skin Therapy Letter vol. 10 nº 05.
4 C. W. Lynde, MD, FRCPC(2001). Moisturizers: What They Are And How They Work. Vol. 06 nº 05.

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Lista de pH de produtos capilares

Compartilhe:

Lista de pH de shampoo, condicionador, máscara, creme para pentear, leave in e outros produtos para os cabelos


Essa lista faz parte de uma série especial sobre o pH de produtos capilares, leia mais nos seguintes links:


Na tabela abaixo estão listados os pH's de alguns produtos capilares. Esta lista tende a crescer com o tempo e pedidos e sugestões de inclusão podem ser feitas nos comentários.

Sempre que surgirem atualizações a gente avisa nas nossas redes sociais: 

Neste material, encontram-se apenas três informações: Se o produto é liberado para No ou Low Poo, o nome do produto e o pH informado pela marca.

Importante salientar que em alguns casos específicos, por diferenças nos lotes dos produtos (composições diferentes do mesmo produto), não foi discriminado se é Low ou No Poo e foram sinalizados com asterisco.

Sugerimos aos preticantes de No Poo (Sem Shampoo) e Low Poo (Shampoo Leve), que consultem a composição antes de adquirir os produtos.


Mostre sua gratidão pela nossa pesquisa! Curta nossa página no Facebook:




Muitas empresas não fornecem o pH de seus produtos nem com reza braba no SAC. Outras informam apenas um "intervalo" de pH pois consideram esta informação segredo de fórmula.

Lembrando que os produtos Liberados para No Poo podem ser usados por quem faz Low Poo.

Como fazer busca de pH de produtos nesta lista


Os pH dos produtos da tabela estão organizados por marca para facilitar a busca dos seus favoritos.

Você também pode procurar usando um truque simples do navegador.

Se você está no computador: use o teclado para acessar a busca por palavras (pressionando ctrl+F) e digite a marca na caixa suspensa.

Se você está no celular: Clique sobre o menu do navegador (normalmente sinalizado por 3 pontinhos), clique então na opção 'Encontrar na página' e digite a marca na caixa suspensa.

Se você está acessando pelo celular, a visualização da tabela é mais confortável com o celular no modo paisagem (na horizontal).

Divirtam-se:


*Consultar composição
Quando no lugar do pH houver um "?", o contato com a empresa já foi feito, mas a resposta ainda não foi dada.

Não está conseguindo visualizar a lista toda? Tente este link: 
Lista de pH de produtos Capilares


Algumas Marcas Contatadas


Monange


Informação dada pelo SAC.


Tânagra


Informação dada pelo SAC.


Bio Extratus


Informação disponível no site da marca.


Tutanat / Rishon Cosméticos


Informação dada pelo SAC.

Confira resenhas de produtos da Tutanat aqui no Cabeleira em Pé:


Head and Shoulders


Informação dada pelo SAC.


Gota Dourada


Informação dada pelo SAC.

Seda

Informações de pH gentilmente cedidas pelo SAC da empresa.


Skala


Informações passadas pelo SAC

Que tal se Acachonar?
Resenha Shampoo Sem Sulfato Acachonados Macios da Skala.

Já viu a Resenha do 2 em 1 Amido de Milho da Skala? Leia neste link

Surya


Informação dada pelo SAC.


Salon Opus


Informação dada pelo SAC.

Dove


Informação dada pelo SAC.

Haskell


Informação dada pelo SAC.

Olha que legal! Aqui tem uma Lista com 7 Shampoos sem Sulfato com pH "baixo" (menor que 5,5).

Gllendex


Informação dada pelo SAC.

Softhair


Informação dada pelo SAC.


Alta Moda é...


Informação dada pelo SAC.

Bioderm


Informação dada pelo SAC.


Deva Curl


Informação dada ao The Natural Heaven Bloom.


Suave / Unilever


Informação dada pelo SAC.


Kanechom


Informação dada pelo SAC.

Yamasterol / Yamá


Informação dada pelo SAC.

Salon Line


Informação da marca repassada por quem lê o Cabeleira em Pé.


Inoar


Informação da marca repassada por quem lê o Cabeleira em Pé.

Lola Cosmetics


Informação dada pela equipe de redes sociais ou retirada dos rótulos/site da marca.

Confira Resenhas de produtos da Lola Cosmetics aqui no Cabeleira em Pé:



Aussie


Informação repassada por SAC da marca.

Shea Moisture


Informação dada pelo SAC da marca.

Mari Morena


Informação dada pela Mari em vídeo do produto.


Tresemmé


Informação dada pelo SAC da Unilever/Tresemmé.

Novex / Embelleze


Informação dada pelo SAC da Embelleze, responsável pela marca Novex.

Agradecemos às contribuições de:


Keydi A. G. em 31/10/2016
Daniela G. C. em 31/10/2016


terça-feira, 19 de abril de 2016

Resenha Creme Umectante Casulão - Cabelo liso / ondulado (2a)

Compartilhe:

Creme para pentear Casulão - Resenha completa


O Umectante Capilar Casulão da Crismas, é um produto de finalização, do tipo sem enxágue.

Há anos esse creme faz a cabeça das cacheadas.

Qual será o motivo dessa paixão?

Qual será o seu resultado em um fio do tipo 2A?

Confira na resenha abaixo.

Se você já testou, comenta aí, conta para a gente!

Produto liberado Low Poo (Shampoo Leve) em agosto/2015


Muitas pessoas perguntam se o Creme para Pentear Casulão é liberado para No Poo.

A formulação do produto contém Dimethicone, um silicone insolúvel.

Por esse motivo o produto é contraindicado para quem não usa shampoo.

Quem usa shampoo periodicamente (seja ele normal ou sem sulfato), pode usar sem problemas.

O Creme sem enxágue Casulão é liberado para Low Poo.

Veja a resposta do Cabeleira à Matéria do Bem estar da Globo sobre Shampoos sem Sulfato.

Embalagem 


O Umectante sem Enxágue Casulão é vendido em 3 tamanhos, 60g (ótimo para testar ou levar em viagem), 500g e 950g.

A embalagem é do tipo pote com tampa de rosca.

Esse tipo de embalagem tem vantagens e desvantagens.

A vantagem é que o produto pode ser transportado com segurança  pois dificilmente haverá vazamentos.

A desvantagem é que para evitar proliferações microbianas e possível oxidação dos componentes é preciso usar uma espátula para retirada do produto.

9 Motivos pelos quais seus produtos não fazem efeito no seu cabelo.

Composição Creme Umectante Casulão

 

Temos abaixo a composição completa.

Os componentes que não afetam a performance do produto estão "riscados" (ASSIM).

Podemos notar que é uma composição bem simples, contendo em especial ingredientes condicionantes - aqueles dedicados a doarem maciez para os fios.

A escolha do termo Umectante pode causar confusão, já que o produto não contém óleos e costumamos associar a palavra umectante com a etapa de nutrição do Cronograma Capilar, onde são repostas as gorduras perdidas pelo interior da fibra capilar.

Na verdade Umectante tem - hoje - um sentido duplo: se refere à umectação com óleos vegetais, mas antes disso sempre se referiu à capacidade que alguns ingredientes tem de atrair água.

Descubra neste link 7 termos que você e a indústria cosmética podem estar usando de formas distintas, incluindo 'Umectante'. Atenção especial para os itens 2 e 7.

Ingredientes Creme Umectante Sem Enxágue Casulão


Aqua: Água

Cetyl Alcohol: Emoliente. É um álcool que amacia e condiciona cabelos. Tem outras funções como manter a estabilidade do produto (óleos e água misturados). Pode ter origem animal ou não, dependendo da marca.

Cetrimonium Chloride: Agente Condicionantes. Surfactante Catiônico. Emulsificante: Mantém o produto em uma fase só (água e óleos misturados).

Dimethicone: Silicone insolúvel. Emoliente. Cria uma barreira física entre o fio e o meio, impedindo a perda de água. Disfarça imperfeições da superfície capilar, deixando o fio com aparência mais saudável

Fragrance: Fragrância.

Lanolin: É uma cera com funções condicionantes e emolientes. A substância é capaz de selar água quando usada nos cabelos úmidos. Antifrizz.

Methylisothiazolinone (and) Methylchloroisothiazolinone: Conservantes
Citric Acid: Regulador de pH.


Aparência geral (Textura, cor e cheiro) 





 Vídeo da textura do produto

O produto é uma emulsão esbranquiçada bem leve.

Espalha com facilidade mesmo em quantidade pequena.

O cheiro lembra o de lã nova e não é desagradável.

O odor some assim que os cabelos secam.

Modo de uso (quantidade, e ritual) 


Gosta de Resenhas? Aqui você encontra
resenhas de produtos liberados para No Poo e Low Poo.

Com os cabelos lavados e condicionados, aplique em pouca quantidade (usei metade do que usaria de um creme para pentear) no cabelo bastante úmido e espalhe pelos fios.

A finalização fica a critério de cada um.

Nas fotos foi usado um pente de cerdas largas e seco naturalmente.



Resultado 

Fotos do cabelo da cobaia seco ao natural


Acentuam-se os cachos/ondas e o frizz fica bastante controlado.

O cabelo fica macio e parece mesmo mais hidratado.

O produto doa aos fios um brilho bem bacana.

O cheiro desaparece por completo.

Se usado em maior quantidade os cabelos ficarão com aquele aspecto "durinho", é só amassar com as mãos que resolve.

Se o produto pesar, talvez você esteja usando demais, faça um teste com uma quantidade menor.

Tem alergia aos Parabenos? Selecionamos uma lista de máscaras para hidratação sem Parabenos liberadas para Low Poo.

Preço e onde encontrar

Paga-se em torno de R$3,00 na versão menor e 23,00 no maior.

Não é um produto que se encontra em supermercado ou farmácia, mas já foi bem mais difícil de se encontrar do que hoje.

Em tempos de internet quem estiver disposto a arcar com custos de frete ou se programar para comprar em quantidade em lojas que dão frete grátis consegue praticamente qualquer produto, o Umectante Casulão não é exceção.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...