sábado, 21 de agosto de 2021

Qual a língua utilizada em composições de cosméticos?

Compartilhe:
Qual a língua utilizada em composições de cosméticos

Que língua estranha é essa usada nos rótulos de cosméticos para a pele e cabelos?




Se você já leu a lista de ingredientes em rótulos de cosméticos, deve ter se deparado com expressões estranhas como "Cetearyl Alcohol", "Behentrimonium Chloride" e "Cocamidopropyl Betaine".

Que língua é essa usada na transcrição de composições de produtos capilares e de skincare?

O post de hoje vai falar um pouco a respeito do INCI, esse formato usado para se referir à ingredientes cosméticos nas embalagens de produtos de maquiagem, higiene e beleza.

Por que usamos essa nomenclatura e quais são as vantagens dessa forma de referência?

Vem conferir com a gente que vamos te contar tim-tim por tim-tim o que essas palavras difíceis estão fazendo nos seus produtos.



Por que essa frescura de não colocar os ingredientes em português?


Já vi, em outros espaços, usarem o argumento "Se você não consegue pronunciar o nome do ingrediente, ele certamente não faz bem para você".

Apesar de ser um gatilho de marketing interessante, a frase não poderia estar mais longe da verdade.

Isso porque a "língua" usada na lista de ingredientes de cosméticos é uma tentativa de universalizar os nomes destas substâncias.

O nome dessa "língua" é INCI (International Nomenclature of Cosmetic Ingredients), e, diferente do que muitas pessoas pensam, não é inglês, e sim uma nomenclatura inventada para cosméticos.

O objetivo do uso dessa nomenclatura é facilitar o acesso global às informações dos ingredientes.

Assim, quem tem alergia (ou evita determinados ingredientes como no Low Poo e No Poo), e consegue identificar os ingredientes que não usa aqui no Brasil, consegue identificar os mesmos ingredientes em diversos lugares do mundo, sem muito esforço.

Você está preocupada em limpar 100% dos silicones e outros agentes condicionantes entre uma lavagem de cabelo e outra? Por quê? Vem saber a verdade que nunca te contaram sobre limpeza do cabelo.

Não seria mais fácil se os ingredientes estivessem em português?


Às vezes, algumas pessoas perguntam se a vida não ficaria mais fácil se a lista de ingredientes fosse impressa em português.

Mas será que é realmente mais fácil ou isso é só uma ilusão. A maioria dos nomes usados nas composições continuaria super-estranho, mesmo em português.

Usando os três exemplos do início desse post fica fácil ver que em português a vida continua tão complicada quanto: Cetearyl Alcohol vira Álcool Cetearílico, Behentrimonium Chloride seria Cloreto de Berrentrimônio e Cocamidopropyl Betaine se chama Cocamidopropil Betaína.

Mas, quem achou os nomes mais simples de identificar em português pode comemorar pois em 2020 foi aprovada RDC da Anvisa que prevê a inclusão da lista de ingredientes em português (além do padrão INCI).

A mudança poderá ser feita nos próximos anos, então, aos poucos, o novo formato já começa a aparecer nos rótulos das novidades.

Link Afiliado LCCRCCC1:

Algumas dicas: Como identificar óleos, manteigas e extratos vegetais na nomeneclatura INCI


Os ingredientes que as pessoas costumam ter mais curiosidade de identificar nas composições são os óleos, as manteigas e os extratos vegetais.

Não é difícil, é só procurar 3 palavrinhas chave no INCI:

Como identificar óleos, manteigas e extratos em composições de cosméticos



  1. Oil: é com essa palavrinha que localizamos os óleos da fórmula.
  2. Butter: é essa a expressão que identifica as manteigas
  3. Extract: é como achamos os extratos

As duas palavras que aparecerem no início da frase terminada com oil, butter ou extract são o nome científico da planta (em latim).

Aí é só jogar essas duas palavrinhas no Google para descobrir que planta é. Olha os exemplos:

  1. Cocos Nucifera Oil: óleo de coco
  2. Theobroma Cacao Seed Butter: manteiga de cacau
  3. Vitis Vinifera Seed Extract: extrato de uva

Com essas três expressões você consegue identificar óleos, manteigas e extratos de forma ainda mais fácil.

Temos um módulo especial no Limpoo, nosso curso sobre Low Poo e No Poo com a Liga das Crespas e Cacheadas, sobre composição com várias dessas dicas de como encontrar pistas de alguns grupos de ingredientes, é muito divertido!

Já sabia em que língua estão escritos os ingredientes dos seus cosméticos? Gostou da dica para procurar os ingredientes naturais?

Então compartilha esse post e deixa seu comentário aqui embaixo contando tudo para a gente.

Não deixe de interagir conosco na sua rede social favorita: