terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Absorção e Adsorção - Qual a diferença entre absorver e adsorver?

Compartilhe:
Qual a diferença entre Absorver e Adsorver

Termos Técnicos: Absorção e Adsorção


Em algumas resenhas aqui do Cabeleira em Pé já sinalizamos de forma resumida a diferença entre os termos absorção e adsorção.

O termo absorção é usado o tempo todo quando falamos de cuidados com a pele e cabelos, afinal de contas, existe a sensação de que quando um ingrediente é absorvido pela pele ou pelos cabelos estamos realmente cuidando deles.

A adsorção - por outro lado - é um termo praticamente desconhecido, mas ele também faz parte de um processo usado constantemente nos nossos cuidados diários.

Vamos entender melhor como as substâncias são absorvidas e adsorvidas?

Não deixe de interagir conosco na sua rede social favorita: 

O que é Absorção?


O termo absorção pode ser usado tanto em relação aos cabelos, quanto em relação à pele.

Quando falamos da estrutura dérmica, o termo 'absorver' se refere à capacidade que um ingrediente tem de atingir camadas subcutâneas (hipodérmicas) ou seja estamos falando de uma substância capaz de ir além das camadas externas da pele (epiderme e derme).¹

O mesmo pode ser dito a respeito dos cabelos. Quando substâncias são absorvidas pelo cabelo, é porque foram capazes de "entrar" nos cabelos, de penetrar além da cutícula externa.


Como Funciona a Absorção de substâncias pelos Cabelos
Como funciona a Absorção:
1)Transcelular 2) Intercelular
Quando falamos de cabelos, teoricamente existem duas formas de absorção. Substâncias podem ser absorvidas por via transcelular ou intercelular:

  1. Absorção transcelular: Em um movimento semelhante a osmose, a penetração da substância se dá no processo de difusão (do mais concentrado para o menos concentrado) através das células da cutícula ("casca" dos cabelos). ²
  2. Absorção intercelular: Aqui a substância é absorvida pelo CMC (cimento intercelular, uma especie de pasta que mantem as células unidas umas às outras) e pela parte interna da "casca" do fio (endocutícula). Ou seja a penetração ocorre através dos "espaços" entre as células que formam a cutícula.²
Nos cabelos, a maioria das moléculas é absorvida por via intercelular² - utilizando os "buracos" entre as células da cutícula (escamas capilares).

Como toda a regra tem exceções, partículas pequenas podem preferir a via de absorção transcelular  - através das células - em especial quando a parte externa da cutícula for danificada.²

A porosidade do cabelo, por exemplo, tem ligação direta com a absorção. Quanto mais poroso for o cabelo, maior será a facilidade de penetração de um ativo.

Descubra mais que o óbvio sobre o pH de produtos capilares neste post para iniciantes e avançados.

O que é Adsorção?


Seguindo o raciocínio de comparação com a absorção, que foi citada acima, nos tratamentos para a pele quando se diz que uma substância é adsorvida, isso significa que ela foi depositada sobre a epiderme, a camada mais externa da pele.¹

No cabelo a analogia é a mesma, são adsorvidas aquelas substâncias que se ligam à estrutura externa dos fios, podendo formar filmes sobre eles.

Não conhece todas as funções dos agentes condicionantes Clique aqui e descubra.

A formação de filmes é um dos objetivos mais comuns dos condicionadores. Quando estes materiais se depositam sobre os fios (ou seja são adsorvidos), o filme formado por eles resiste ao atrito, enxágue e alguma vezes até à lavagem.³

adsorção pode ser aumentada em faixas ácidas de pH.³ O aumento de material adsorvido também pode ser observado em cabelos danificados por processos químicos como descoloração e permanente.³

O acúmulo de resíduos nos cabelos é um tema que já discutimos aqui no Cabeleira em Pé e está associado - justamente - aos cabelos com uma "sobre-adsorção", ou seja, substâncias que se acumularam do lado de fora dos fios, alterando a aparência dos cabelos.

Entenda aqui o que é ARC - Acúmulo de Resíduos no Cabelo.

Como funciona a Adsorção de substâncias pelos Cabelos
Como funciona
a Adsorção
A adsorção se dá geralmente por via da substantividade. Os ingredientes substantivos são aqueles que conseguem permanecer adsorvidos sobre os cabelos mesmo após o enxágue. Isso acontece pois nosso cabelo é negativamente carregado, e estas substâncias são carregadas positivamente.⁸

O condicionamento (ou seja, a ação do condicionador) é inteiramente dependente da substantividade e da adsorção.

Por isso os principais ingredientes dos condicionadores costumam ser sais quaternários de amônia (e outros quaternários de carga positiva), pois eles tem grande substantividade com os fios, adsorvendo com facilidade à superfície negativamente carregada dos fios de cabelo.

É comum afirmar - inclusive - que para os efeitos de condicionamento, a adsorção é mais importante que a absorção


Está gostando deste texto? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma atualização do Cabeleira em Pé:



Absorção e Adsorção: Qual a diferença?


Diferença entre Absorção e Adsorção.
Gráfico lá do Pinterest do Cabeleira em Pé
A diferença final entre absorção e adsorção não é tão complicada de entender depois disso.

É uma questão de fronteira, como sugere Idson³. Um material adsorvido fica aderido à superfície (da pele ou cabelos) e a absorção ocorre na transposição/penetração desta barreira.

Também é importante perceber que partes diferentes do cabelo absorverão e adsorverão mais ou menos quantidade de um ingrediente dependendo de suas características, ou seja cada fio de cabelo não interagirá de forma uniforme com os ingredientes do seu tratamento capilar.²

Determinadas partes do fio de cabelo podem absorver (ou adsorver) uma quantidade maior ou menor de determinada substância - em ponto do fio tem mais e no outro tem menos substância sorvida.

Nosso perfil no Instagram está cheio de dicas imperdíveis. Segue a gente! Instagram do Cabeleira em Pé: Clique Aqui!

O que é melhor? Ingredientes que são Absorvidos ou Adsorvidos?


Ao contrário do que algumas pessoas pensam, ambos os processos (absorção e adsorção) tem funções importantes para aparência e saúde dos cabelos.

O processo de adsorção pode ajudar determinadas substâncias a evitar danos na descoloração,³ diminuir o frizz,⁴ aumentar o brilho,⁴ facilitar o desatamento dos nós,⁴ proteger os cabelos de fotodanificação,⁹ entre muitos outros benefícios.

Já no processo de absorção de determinados ingredientes é possível observar o reforço de estruturas internas dos fios,⁵ a proteção dos cabelos de danos causados pela fadiga hídrica,⁶ o aumento de sua força e elasticidade; além da diminuição de perda de proteínas durante a lavagem⁷.

Por esse motivo não deve existir uma escala de valor que coloque a absorção acima da adsorção ou vice-versa.

Um cabelo saudável certamente depende de ambos os processos: substâncias que são absorvidas pelos fios e recuperam estruturas internas e ingredientes adsorvidos que previnem uma série de danos ambientais.


__________

Referências


¹ Preedy, Victor R. & Watson, Ronald Ross. (2010). Olives and Olive Oil in Health and Disease Prevention. Academic Press.
² Bhushan, Bharat (2010). Biophysics of Human Hair: Structural, Nanomechanical, and Nanotribological Studies. Springer Science & Business Media.
³ Idson, Bernard. (1967). Adsorption to Skin and Hair. J. Soc. Cosmetic Chemists, 18.
⁴ Draelos, Z. D. (2004). Hair Care: An Illustrated Dermatologic Handbook. CRC Press.
⁵ Gamez-Garcia, M. (1992). Effects of some oils, emulsions, and other aqueous systems on the mechanical properties of hair at small deformations. j.  Soc.  Cosmet.  Chem.,  44
⁶ S. B. Ruetsch & cols. (2001). Secondary ion mass spectrometric investigation of penetration of coconut and mineral oils into human hair fibers: Relevance to hair damag. Journal of Cosmetic Science v. 52 n. 3 pp.169-184.
⁷ Davis-Sivasothy, A. (2011). The Science of Black Hair: A Comprehensive Guide to Textured Hair. SAJA Publishing Company.
⁸ Draelos, Z. D. (2004). Hair Care: An Illustrated Dermatologic Handbook. CRC Press.
⁹ Li, X., Hu, J., Chen, L. & Zhang, W.(2016). The adsorption behaviour and photoprotection effect of UV filter absorbed on the surface of human hair. Int J Cosmet Sci. 2016 Feb;38(1):52-9.