quinta-feira, 28 de abril de 2016

O enxágue com vinagre precisa ser com vinagre de maçã?

Compartilhe:
Garrafas compridas com líquidos amarelo e rosado

Vinagre nos cabelos: maçã, vinho, uva, branco, álcool, arroz...


O uso do vinagre nos cabelos remonta ao império romano.6 O tempo passou e continuamos extrapolando esse líquido azedo dos nossos pratos para outros espaços das nossas vidas.

É comum em fóruns e comunidades sobre as técnicas de No Poo e Low Poo, se deparar com perguntas a respeito do condicionamento com vinagre. A resposta varia de acordo com quem a dá.

Atrás do seu gel do coração? Veja neste post 6 opções liberadas de gel líquido para seus cabelos.

Cada um aconselha uma porcentagem diferente de diluição do vinagre em água e que a mistura seja distribuída sobre os fios já lavados.

Alguns sugerem um tempo de pausa, outros não.

Alguns dizem ser essencial o enxágue, outros afirmam o contrário.

Há aqueles ainda, que afirmam que só funciona se o vinagre for orgânico, outros que por experiência dão testemunho dos milagres do vinagre de supermercado.

Uma coisa entretanto é quase unanimidade nestes grupos: O vinagre tem que ser de maçã!

PARABENOS: Fazem mal? Dá câncer? Provoca Alergia? É um desregulador endócrino? Mimetiza o estrogênio? Penetra no corpo através da pele? Faz mal pro meio ambiente? Descubra neste link.

Será que o vinagre tem que ser de maçã mesmo?


Essa colocação foi importada de sites estrangeiros, em especial os americanos, e talvez essa seja o principal motivo da unanimidade de indicação do vinagre de maçã. Em terras estadunidenses os vinagres mais populares são o de álcool e o de maçã.

O vinagre de álcool é produzido a partir do etanol diluído em água, e por esse motivo não é rico em nada a não ser ácido acético (microrganismos oxidam o álcool transformando-o nessa substância que confere ao vinagre o sabor azedinho).

Um vinagre de maçã de boa qualidade, entretanto, tem, além do ácido acético um poquinho de vitaminas, pectina e sais minerais¹ - por se tratar de um vinagre feito a partir de uma bebida alcoólica de fruta (a Sidra).

Os vinagres de vinho tinto, vinho branco e arroz também possuem vitaminas e minerais, justamente porque suas fontes também são naturais.

Aparentemente, a indicação de vinagre de maçã se dá por motivos culturais norte-americanos. Já aqui em nossas terras, sendo o vinagre natural mais popular o de uva/vinho, não há motivos para uma ditadura do vinagre de maçã.


Está gostando deste texto? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma atualização do Cabeleira em Pé:



Todo o vinagre tem um pouquinho de álcool


Algumas pessoas afirmam que somente o vinagre de maça é indicado pois ele não possui álcool na sua composição, o que não é verdade. Por determinação da EMBRAPA todo o vinagre deve ter um pouco de álcool.

Se não fosse assim, as bactérias responsáveis pela transformação do álcool em ácido acético consumiriam o próprio vinagre. A legislação brasileira estabelece em no máximo um por cento o teor alcoólico para o vinagre.

9 Motivos pelos quais seus produtos não fazem efeito no seu cabelo.

Outras informações


Há estudos do uso de vinagres não-gastronômicos como o ácido pirolenhoso (chamado de vinagre de madeira - usado na agricultura orgânica), no combate à queda de cabelos². O uso desta substância não é seguro (se feito em casa) pois nestes experimentos foram necessárias diversas etapas de purificação. Este ácido, quando in natura, contém substâncias perigosas que precisam ser isoladas do vinagre em si. #ficaadica

Outra possibilidade do vinagre é o amaciamento  da água dura para  evitar resíduos indesejáveis no cabelo. Indica-se também o uso de qualquer vinagre, sem especificação de nenhum tipo³.

Nenhuma das informações dadas no livro de cuidados para pele e cabelos da Associação Americana de Medicina (AMA) sugere o vinagre de maçã especificamente, usa-se sempre o termo vinagre.4

Outras fontes5 americanas indicam tanto o vinagre quanto o limão para enxágue dos cabelo.

Entenda aqui o que é ARC - Acúmulo de Resíduos no Cabelo.

Mas por que usa-se o vinagre, afinal?


A principal função do enxágue com vinagre é a acidificação dos fios (já que o pH do líquido gira em torno de 2,2 a 3,5). O pH da mistura de água e um pouquinho de vinagre é ácido o suficiente para selar a cutícula do fio, garantindo brilho podendo até manter a hidratação por mais tempo.

A leitura dos textos abaixo pode ajudar você a entender porque o enxágue com vinagre faz bem para os cabelos, clique:


Para isso não é necessário o uso exclusivo do vinagre de maçã. Qualquer vinagre funcionará, até o de álcool.

Entretanto, ao eleger o vinagre do seu coração, lembre-se de outras vantagens que poderão ser adicionadas ao seu enxágue se o vinagre contiver outras vitaminas e minerais.

Por isso, se possível, opte por vinagres de qualidade provenientes de frutas ou outras fontes naturais. Mas se isso não for possível, até o vinagre de álcool fará o serviço de "fechar" as escamas da cutícula dos seus cabelos.

Veja nossos posts de lançamentos de 2017 para seus cabelos:


 __________
¹ Kalyani Barve & Apurva Dighe. (2016). The Chemistry and Applications of Sustainable Natural Hair Products. Springer
² Young-Ho Cho; Ju-Yeon Lee; Jong-Hwa Lee; Jae-Su Cho; Gye-Won Lee. (2009). Evaluation of Stability in the Purified Wood Vinegar and Its Hair Growth Effect. Journal of life Science v. 19 ed. 10.
³ Erich Keller. (1999). Aromatherapy Handbook for Beauty, Hair, and Skin Care. Inner Traditions / Bear & Co.
4American Medical Association Book of Skin and Hair Care, Schoen, L A, Ed., J.B. Lippencott Co., New York, 1976
5 Michael P. Vogel. (1994). Alternatives to hazardous and hard-to-dispose-of household products. Solid Waste Management Montana State University.
6 Oliveira, Ricardo A. G. De et al. (2014). A química e toxicidade dos corantes de cabelo. Química Nova. Sociedade Brasileira de Química, v. 37, n. 6, p. 1037-1046.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...