sábado, 2 de dezembro de 2017

7 Shampoos com pH "baixo" (menos de 5,5) - Liberados para Low Poo - Parte 1

Compartilhe:

Em busca de um Shampoo Sem Sulfato de pH "baixo"


Quando a Kim sugeriu uma lista de shampoos liberados com pH baixo (o termo mais adequado seria ácido) lá no Twitter do Cabeleira em Pé, pensamos: Bem... Isso não pode ser tão difícil.

Pouco tempo depois, surgiram outros pedidos semelhantes em outras redes sociais - como a Lu no lá no nosso Instagram.

Começamos então a pesquisar pH de shampoos em busca de alternativas com pH abaixo de 5,5.

Nos deparamos com uma realidade semelhante àquela exposta em uma pesquisa científica que divulgamos aqui no blog em 2016.¹

Descubra A verdade assustadora sobre o pH de shampoos no Brasil.

As faixas de pH dos Shampoos Liberados não eram tão baixas como imaginávamos e nem estavam tão longe da realidade dos shampoos tradicionais.

A primeira teoria que levantamos foi que no caso dos shampoos sem sulfato, o pH menos baixo (ou seja: mais alcalino) ajuda no processo de limpeza do couro cabeludo, pois ajuda a solubilizar as gorduras.

Shampoos liberados para Low Poo são desenvolvidos com "detergentes" suaves e o pH mais "alto" pode ser uma forma de garantir mais performance.

Crescimento Capilar também depende da escolha de um bom Shampoo. Descubra aqui o motivo para escolher um Shampoo Sem Sulfato.

Entretanto, a escolha de surfactantes (detergentes) pode fazer um Shampoo liberado efetuar uma limpeza eficiente sem abrir mão do pH baixo.

Quando falamos de pH baixo nos referimos às faixas mais ácidas de pH que contemplem a acidez natural da haste capilar - cujo pH gira em torno de 3,67¹ - ou do pH do couro cabeludo - que fica próximo de 5,5¹).

Descubra alguns Mitos sobre o pH dos Shampoos.

Contrariando nossas expectativas, a maioria dos pHs dos Shampoos não estava dentro da faixa que tínhamos proposto (produtos com pH mais baixo que 5,5).

No caso da pesquisa que citamos acima¹ mais de sessenta por cento dos 123 Shampoos analisados tinham pH acima de 5,5.

Por esse motivo, tivemos que ampliar os esforços para "engordar" nossa lista de shampoos com pH ácido (baixo).

Depois de um pouco mais de esforço chegamos à uma primeira lista com 7 shampoos sem sulfato (Low Poo) com pH baixo das seguintes marcas: ILike, Lola Cosmetics, Inoar, Novex, Salon Line, Bio Extratus e Gllendex.

Lista: 7 Shampoos com pH ácido (baixo) - pH menor que 5,5


7 Opções de Shampoos Liberados para Low Poo com pH baixo (acidez até 5,5)

Quer descobrir qual o pH do seu Shampoo ou outros produtos capilares? Procure na nossa lista.

Composição Shampoos Liberados para Low Poo Com pH "baixo" (pH < 5,5)


  1. Composição Shampoo Low Poo Cachos Poderosos - ILike (Low Poo - pH: 4): Water (and) Sodium Lauroyl Sarcosinate, Sodium Lauroyl Methyl Isethionate, Cocamidopropyl Betaine, Hydroxyethylcellulose, Polyquaternium-7, Glycerin, Styrene/PVP Copolymer, Lauryl Glucoside, Disodium EDTA, PEG-90M, Methylchloroisothiazolinone and Methylisothiazolinone, Cocamide DEA, Hydrolyzed Keratin, Parfum.
  2. Composição Shampoo Meu Cacho Minha Vida - Lola Cosmetics (Low Poo - pH: 4,5-5,5): Aqua, Lauryl Glucoside, Sodium Cocoamphoacetate (and) Glycerin (and) Lauryl Glucoside (and) Sodium Cocoyl Glutamate (and) Sodium Lauryl Glucose Carboxylate, Lauryl Glucoside (and) Stearyl Citrate, Sodium Lauryl Glucose Carboxylate (and) Lauryl Glucoside, Methyl Gluceth-20, Cocamidopropil Betaine, PEG-14M, Water (and) Kappaphycus Alvarezii Extract (and) Euchema Spinosum Extract (and) Coco Nucifera Fruit Extract, Oenocarpus Pataua Fruit Oil, Citric Acid, Disodium Edta, Dehydroacetic Acid (and) Benzoic Acid (and) Benzyl Alcohol, Fragrance/Parfum, Benzy,l Benzoate, Hexyl Cinnamal, Hydroxyisohexyl 3-Cyclohexene Carboxaldehyde, Eugenol, Linalool.

    Testamos o shampoo da linha Meu Cacho Minha Vida da Lola e a resenha está aqui.

  3. Composição Shampoo Bombar - Inoar (Low Poo - pH: 3-4): Aqua, Dissodium EDTA, Sodium Benzoate, Poliquaternium-10, Disodium Laureth Sulfocuccinate, Cocamidopropyl Betaine, Disodium Cocoamphoacetate, Glycerin, PEG-7 Glyceryl Cocoate, Rosmarinus Officinalis Extract, Polysorbate 20, Citric Acid, Parfum, PEG-120 Methyl Glucose Dioleate, Tocopheryl Acetate, d-Panthenol, Biotin, Rosmarinus Officinalis Oil, Persea Gratissima (Avocado) Oil, Coconut Oil, Ceramide lll, Hydrolyzed Wheat Protein/ Hidrolyzed Soy Protein/ Avena Sativa (OAT) Meal Extract, Parfum, Citric Acid, Hexyl Cinnamal, Limonene.

  4. Composição Shampoo Santo Black Poderoso - Novex (Low Poo - pH: 5,5): Aqua, Cocamidopropyl Betaine, Glycerin, Polyquaternium-7, Hydroxyethylcellulose, PEG-14 M, Parfum, Citronellol, D-Limonene, Hexyl Cinnamal, Linalool, Benzyl Alcohol, Phenoxyethanol, Butylphenyl Methylpropional, Chorphenesin, Polyquaternium-10, Tetrasodium EDTA, BHT, Lactic Acid, Adansonia Digitata Oil.

    Não deixe de interagir conosco na sua rede social favorita: 

  5. Composição Shampoo pra Arrasar Tô de Cacho - Salon Line (Low Poo - pH: 5,5): Aqua, Disodium EDTA, Polyquaternium-10, Hydroxyethylcellulose, Glycerin, Peg-14M, Polyquaternium-7, Cocamidopropyl Betaine, Perfume, Methylchloroisothiazolinone, Methylisothiazolinone, DMDM Hydantoin, Olea Europaea Fruit Oil, Elaeis Guineensis Kernel Oil, Cocos Nucifera Oil, Panthenol, Hexyl Cinnamal, Linalool.
  6. Composição Shampoo Pós Progressiva - Bio Extratus (Low Poo - pH: 4,5): Aqua,Sodium Lauroyl Methyl Isethionate,Cocamidopropyl Betaine, Cocamide DEA, Lauramide Oxide, Glycol Distearate, Lauryl Glucoside, Parfum, Citric Acid, Glycerin, Hydrolyzed Rice Protein, Hydrolyzed Soy Protein, Hydrolyzed Wheat Protein, Hydrolyzed Corn Protein, Polyquaternium-7, Polyquaternium-10, Polyquaternium-22, Laureth-2, PEG-150 Distearate, Methylchloroisothiazolinone, Methylisothiazolinone, Argania Spinosa Kernel Oil, Carthamus Tinctorius Seed Oil, Disodium EDTA, PEG 180M.

    Resenha do Shampoo vegano Pós Progressiva com óleo de Cártamo da Bio Extratus.

  7. Composição Shampoo Suave Sulfate Free - Gllendex (Low Poo - pH: 5,5): Aqua, Sodium Lauroyl Methyl Isethionate, Glycol Distearate, Laureth-4, Cocamidopropyl Betaine, PEG-90 M, Methyl Hydroxyethil Cellulose, Sodium Hydroxide, Citric Acid, Methylchloroisothiazolinone, Methylisothiasolinone, Parfum, Calycophyllum Spruceanum Bark Extract, Theobroma Grandiflorum Fruit Extract, Bertholletia Excelsa Seed Extract, Hydrolyzed Quinoa Protein.


Está gostando deste texto? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma atualização do Cabeleira em Pé:



Shampoos com pH ácido (baixo) - Para quem e Por quê?


A escolha de shampoos com pH baixo pode não ser a mais adequada em casos de cabelos oleosos se os "detergentes" do shampoo tiverem baixo poder de limpeza.

Isso porque o pH menos "baixo" (faixas mais próximas ao 7) ajuda a solubilizar as gorduras do couro cabeludo.

Tenha em vista que pH sozinho não é sinônimo de limpeza. Um produto capilar é composto de muito mais do que apenas o seu pH.

O pH baixo demais (faixas abaixo de 5,5) pode não ser tolerado por pessoas com couro cabeludo sensível. Nos casos de pele sensível, a melhor faixa de pH é de 5,5²,³,⁴ e não mais que 5,9⁴.


Cabelos danificados por descoloração, progressiva e outras químicas costumam se dar bem com faixas de pH ácidas (pH baixo).

Cabelos com porosidade alta podem contornar este problema controlando o pH dos produtos usados

Os cabelos com tintura também se beneficiam destes shampoos mais ácidos pois a coloração tende a desbotar com mais facilidade em faixas de pH menos baixas (mais alcalinas).


Lembre-se que quando falamos de pH, é importante relativizar as posições extremas de que pH "baixo" é bom, pH alto é "ruim".

Há que se fazer toda uma análise do estado do cabelo e do que você espera de um shampoo.


__________

Referências


¹ Maria Fernanda Reis Gavazzoni Dias, Andréia Munck de Almeida, Patricia Makino Rezende Cecato, Andre Ricardo Adriano, and Janine Pichler. (2014). The Shampoo pH can Affect the Hair: Myth or Reality? Int J Trichology. 2014 Jul-Sep; 6(3): 95–99. doi:  10.4103/0974-7753.139078
² Mainkar, A. R. & Jolly, C.I. (2001). Formulation of natural shampoos. International Journal of Cosmetic Science v23 e01.
³ Davis-Sivasothy, Audrey. (2011). The Science of Black Hair: A Comprehensive Guide to Textured Hair. SAJA Publishing Company.,
⁴ Kumar, A. & Mali, R. R. (2010). Evaluation of prepared shampoo formulations to compare formulated shampoo with marketed shampoos. International Journal of Pharmaceutical Sciences Review and Research v03 e01.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...