terça-feira, 18 de abril de 2017

Resenha Cowash Black Power - Tutanat (com anfótero)

Compartilhe:
Resenha Cowash Black Power Tutanat com extratos de menta, chá verde, camomila, alecrim, melissa, lúpulo e aveia

Testamos o Cowash Black Power - Tutanat

Produtos recebidos da Tutanat
Depois de resenhar o shampoo e a máscara, chegou a hora de nos debruçarmos sobre o cowash da linha Black Power da Tutanat.

A linha Black Power foi desenvolvida para atender - em especial - as necessidades dos cabelos cacheados e crespos, que - em função de sua anatomia - costumam ser mais ressecados.

Todos os produtos da linha foram formulados para atenderem às regrinhas das técnicas No Poo e Low Poo, e não foi diferente com esse condicionador de limpeza.

Continue a leitura e descubra tudo sobre o Cowash Black Power da Tutanat.

Confira resenhas de alguns produtos da Tutanat:



Nosso perfil no Instagram está cheio de dicas imperdíveis. Segue a gente! Instagram do Cabeleira em Pé: Clique Aqui!

pH: 4-5


Onde comprar o Cowash da linha Black Power da Tutanat

O pH é um índice que quantifica a acidez de um produto e sabemos que esta acidez afeta a aparência dos fios.¹,²

Quando molhamos o cabelo, ele fica mais frágil.

Esta propensão ao dano pode ser menor em uma faixa de pH que vai de 4 até 6. O Cowash Black Power está dentro desta faixa respeitando o intervalo de pH onde seu cabelo é mais resistente a úmido.

E agora? Devo pentear o cabelo molhado ou seco?

Esta faixa de pH também evita o frizz pois não interfere na distribuição das cargas eletrostáticas normais dos cabelos.²

Esta faixa de pH também diminui o inchaço dos fios¹,², o que evita que as escamas do cabelo se afastem muito umas das outras.

Faz com que os fios fiquem mais brilhantes, de forma natural, pois a acidez leve faz com que as escamas que recobrem os fios se alinhem e reflitam melhor a luz.


Adicionamos recentemente os produtos da linha Black Power à nossa lista de pH de produtos capilares, confira o pH dos outros produtos da Tutanat neste link.


Produto liberado para No Poo (Sem Shampoo) e Low Poo (Shampoo Leve) em janeiro/2017


O Cowash Black Power é liberado tanto para No Poo (técnica onde não são usados shampoos de qualquer tipo) quanto para Low Poo (técnica onde os shampoos são sempre sem sulfatos).

Este  condicionador de limpeza serve como alternativa suave ao shampoo, limpando o couro cabeludo de forma muito mais delicada.

O produto não possui petrolatos nem silicones e ainda conta com o reforço da Betaína para facilitar a limpeza dos fios.

Qualquer pessoa pode fazer o uso eventual do cowash - sempre que quiser uma lipeza mais suave.

Entretanto quando se opta por substituir completamente o shampoo por um cowash (ou seja, aderir à técnica chamada No Poo) é preciso adequar também os demais produtos usados para tratamento dos fios.

Todos os produtos deverão ser 100% livres de silicones insolúveis em água e oclusivos derivadas de petróleo (como o petrolatum e similares) - como os produtos da linha Black Power.

Saiba o que é proibido e liberado em um condicionador limpante: 7 dicas para escolher um condicionador para cowash.

Embalagem


As embalagens da Tutanat se diferenciam pela sobriedade de seus frascos em plástico preto e fosco.

Esse design foi pensado - inicialmente - para atender o mercado internacional e acabou sendo adotado também no mercado nacional.

A embalagem do Cowash Black Power é feita em plástico, levemente acinturada, com a tampa do tipo disk-top também em plástico.

Já falamos do logotipo da linha Black Power em outros momentos, mas é inevitável repetir: é um detalhe que mostra muita atenção. Trata-se de uma menina com um black power bem coloridos e o rosto dividido em duas cores que podem ser interpretados como dois tons de pele, um mais claro e outro mais escuro.

As embalagens da marca contam com QR Codes que direcionam o cliente para áreas afins do site da marca.

O conteúdo é de 300ml.

Crespa, cacheada ou ondulada: Está em Transição? Inspire-se nos cabelos do nosso clipping, o Transi(inspira)ção:


Composição Cowash Black Power - Tutanat


A Tutanat pensou em um produto de limpeza bastante alinhado com o que é defendido no No Poo clássico dando um pequeno (mas significativo) toque de modernidade. Vamos explicar:

Lorraine Massey, autora do livro Curly Girl³ - onde as técnicas No Poo e Low Poo ganharam um corpo teórico mais sólido - defende o  uso de produtos ricos em extratos botânicos na hora de lavar os cabelos (sugerindo entre eles os extratos de menta e alecrim).

A fórmula conta com uma série de extratos vegetais ligados à assepsia como os extratos de menta, camomila, chá verde, alecrim, melissa, lúpulo e aveia. Este é o toque clássico deste condicionador limpante.

Testamos um shampoo natural feito com água e aveia, será que isso funciona?

A pitadinha contemporânea é a adição de um surfactante anfótero super suave: a Oleamidopropyl Betaine - derivada do azeite de oliva.

Este surfactante anfótero é mais suave que o anfótero derivado do óleo de coco (a Cocamidopropyl Betaine) porque tem uma "cauda" de carbonos mais longa.

Se você está lendo uma resenha do Cabeleira em Pé pela primeira vez, aí vão algumas dicas:

  • Abaixo estão listados todos os ingredientes da fórmula do produto;
  • Todos os ingredientes são "traduzidos" para que se entenda a função de cada um;
  • Algumas funções possuem link (palavras sublinhadas) que levam a posts que explicam melhor aquelas funções;
  • Alguns ingredientes encontram riscados dessa forma, tratam-se de substâncias usadas para funções não-estéticas, como conservação e fragrância.

Você viu o infográfico da resenha visual da máscara da linha Black Power no Pinterest do Cabeleira em Pé? Olha aí:


Infográficos como esse você encontra lá nos Murais do Cabeleira em Pé no Pinterest, siga-nos:

Cabeleira em Pé

Ingredientes Cowash Black Power - Tutanat


Aqua: Água.

Cetearyl Alcohol: Estabilizante. Emoliente. Surfactante.

Behentrimonium Methosulfate: Agente Condicionante. Surfactante Catiônico.

Cetearyl Alcohol: É um álcool que amacia e condiciona cabelos. Emoliente.

Oleamidopropyl Betaine: Surfactante anfótero (Cauda com 25 carbonos). Agente Condicionante. Espumante. Agente de limpeza.

GlycerinUmectante.

Propylene Glycol:  Agente Condicionante.  Umectante. Fragrância.

Polyquaternium-7: Antiestático. Formador de filme. Fixador.

Isopropyl Palmitate: Fragrância. Emoliente.

Grape (Vitis Vinifera) Seed Oil: Óleo de semente de uva.

Parfum: Fragrância
Methylisothiazolinone: Conservante
Phenoxyethanol: Conservante. Fragrância.

Hydrolyzed Wheat Protein: Proteína Hidrolisada de Trigo. Agente Condicionante Proteico.

Hydrolyzed Soy Protein: Proteína Hidrolisada de Soja. Agente Condicionante Proteico.

Avena Sativa (Oat) Meal Extract: Extrato de Aveia.

Peppermint (Mentha Piperita) Extract: Extrato de Menta.

Camellia Sinensis Leaf Extract: Extrato de Chá Verde.

Chamomilla Recutita Extract: Extrato de Camomila.

Rosmarinus Officinalis Leaf Extract: Extrato de Alecrim.

Melissa Officinalis Leaf Extract: Extrato de Melissa (Erva Cidreira Verdadeira).

Humulus Lupulus (Hops) Extract: Extrato de Lúpulo.

Citric Acid: Regulador de pH.



Está gostando do nosso estilo de resenha? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma atualização do Cabeleira em Pé:


Aparência geral (Textura, cor e cheiro) 


O Cowash Tutanat Black Power tem textura lisa e cremosa (não é fluida nem firme).

O produto tem coloração branca e tem uma boa espalhabilidade.

Não é difícil de tirar do frasco, basta sacudir um pouco e apertar.

O cheiro tem notas florais, de mel e néctar, lembrando o aroma de uma flor em forma de mini-trombeta, chamada flor-de-coral.

Quer ver os lançamentos para pele (sem proibidos) de 2017?


Modo de uso Cowash Tutanat Black Power


A Tutanat apresenta na linha Black Power um sistema simplificado de cuidados com os cabelos. Sem segredos na hora de aplicar.

As instruções da embalagem são simples e diretas: com os cabelos molhados, aplique o cowash sobre todo o couro cabeludo.

Massageie com delicadeza em movimentos circulares.

O rótulo deixa claro que o produto não fará espuma.

Enxágue bem.

Existem muitos equívocos a respeito do No Poo. Entenda alguns deles no texto: Adele não lava o cabelo? Clique e descubra se isso é verdade.

Resultados Cowash Black Power - Tutanat


Antes e depois do teste com o cowash Black Power da Tutanat (com Betaína e extratos vegetais)

Quando se fala em cowash, o primeiro critério que nos ocorre para a avaliação é o poder de limpeza.

Pelas fotos é possível notar que o cowash da Tutanat não está de brincadeira.

O couro cabeludo fica visivelmente livre da oleosidade acumulada.

O segundo critério que pipoca é o da suavidade. Esse não pode ser visto nas fotos, mas é por esse motivo que estendemos nossas resenhas, para que tudo aquilo que não é percebido na imagem possa ser transmitido pelas nossas impressões.

O Cowash Black Power limpa bem, e limpa com carinho. Confira nossas impressões sobre a linha Tutanat Black Power na resenha em vídeo abaixo:



Inscreva-se no nosso canal no youtube e não perca as próximas resenhas:


Preço e onde encontrar


Cowash Black Power com betaína (anfótero) liberada para No Poo e Low Poo
O Cowash Black Power tem preço sugerido de R$25,00.

Os produtos Tutanat podem ser encontrados em grandes lojas de cosméticos em muitas regiões do país.

Se você não sabe onde encontrar na sua cidade você pode entrar em contato com a marca através da página oficial da Tutanat no Facebook e verificar a existência de revendedores na sua região.

Se você - como a gente - prefere fazer suas compras online, corre pro site da Rishon Cosméticos que o combo de produtos da linha Black Power tem preço especial e frete grátis.*

Gostou dessa resenha? Siga-nos na sua rede social favorita e não perca os próximos textos do Cabeleira em Pé: 
      


__________
*Oferta por tempo limitado


Referências


¹ Kumar, A. & Mali, R. R. (2010). Evaluation of prepared shampoo formulations to compare formulated shampoo with marketed shampoos. International Journal of Pharmaceutical Sciences Review and Research v03 e01.
² Mainkar, A. R. & Jolly, C.I. (2001). Formulation of natural shampoos. International Journal of Cosmetic Science v23 e01.
³ Bender, M. ; Massey, L. & Chiel, D. (2011). Curly Girl: The Handbook. Workman Publishing Company
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...