terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Fique de olho: 7 termos que a indústria de cosméticos usa e você não entende

Compartilhe:
O que é Micelar, O que é Pré-Shampoo, O que é Dermocosmético, O que é sem sulfato, O que é Nutritivo, O que é Óleo Puro, O que é 'Recomendado por Dermatologistas'

Será que eu não entendi? 7 termos que as marcas de cosméticos usam e você não sabe que têm mais de um significado




Sabe aquelas palavras usadas em propagandas de cosméticos que têm significados super-subjetivos, quase sempre com um ar meio cientificista?

Campanhas publicitárias usam bastante esse recurso para influenciar a forma como você percebe um produto. ¹

Há um tempo atrás, a gente falou de sete destes termos e - hoje - a gente voltou com mais sete.

Será que você já confundiu alguma destas expressões e acabou comprando gato por lebre?

Um dos termos dúbios de hoje foi sugestão do Alexandre P., que levantou a questão do quanto pré-shampoo é um termo comumente mal-interpretado.

Além destes termos, vamos tentar mostrar duplos-sentidos de outras expressões populares em rótulos de cosméticos:
  1. O que é Micelar?
  2. O que é Pré-Shampoo?
  3. O que é Dermocosmético?
  4. O que é sem sulfato?
  5. O que é Nutritivo?
  6. O que é Óleo Puro?
  7. O que é 'Recomendado por Dermatologistas'?
Não deixe de interagir conosco na sua rede social favorita: 

O que é Micelar?


Micelar (é) parece ser...


... uma tecnologia nova de limpeza.

O diferencial desse tipo de limpador parece implicar uma maior suavidade, pois associa-se o termo 'micelar' com água micelar, um produto conhecido pela limpeza delicada da pele.

Infelizmente - nem sempre é assim.

Mas Micelar (também pode ser), na verdade é...

... um termo usado em química para se referir às substâncias capazes de formarem micelas.

Sendo suave ou não, se formar micela, pode ser chamado de micelar.

Mesmo shampoos com detergentes agressivos podem ser chamados de micelares, pois o sulfato é um ótimo formador de micelas.


O que é "Pré-Shampoo"?


Pré Shampoo (é) normalmente se refere a ...


... um produto usado antes do shampoo, que protege as hastes do cabelo de danos à sua estrutura.

Estes danos são causados tanto pela água quanto pelos surfactantes dos shampoos.

O uso de ingredientes hidrofóbicos que penetram nos fios (como alguns óleos vegetais) costuma ser uma das estratégias mais comuns na formulação de pré-shampoos de proteção.

Más Pré-Shampoo também pode ser...


... um produto usado para reforçar a limpeza de couros cabeludos super-oleosos.

Não são produtos para proteção dos fios, muito pelo contrário, são higienizadores usados antes do shampoo para uma limpeza ainda mais adstringente do couro cabeludo.


O que é Dermocosmético?


(Você acha que) Dermocosmético é...


... um produto com ingredientes que agem nas camadas mais profundas da pele.

O marketing de grandes fabricantes nos faz acreditar que os preços praticados nas prateleiras de dermocosméticos estão diretamente ligados à tecnologias de ponta, ingredientes nobres e ação endossada por evidências científicas robustas.

Mas Dermocosmético na verdade é...


Dermocosmético - na verdade - não existe.

Segundo o Art. 3º da Lei nº 6.360 / 1976 e os Anexos I e II da RDC número 7/2015 da ANVISA produtos de embelezamento de aplicação tópica só podem ser registrados como medicamentos ou cosméticos.

No primeiro caso, há necessidade de estudos clínicos para comprovação da eficácia e mecanismos de ação do produto.

No segundo caso, encaixam-se todos os nossos creminhos que não são medicamentos.

Dermocosmético - no Brasil - é apenas um termo de marketing que pode ser usado por absolutamente qualquer um, pois não há qualquer interferência dos órgãos reguladores em relação ao uso desta palavra.



O que é "Sem Sulfato"


Sem Sulfato é...


... um produto livre de surfactantes (detergentes) agressivos como o Sodium Laureth Sulfate.

Produtos sem estes ingredientes agressivos são usados em especial por quem é praticante de Low Poo.

Mas Sem Sulfato também pode ser...


... um produto livre de Sodium Laureth Sulfate e Sodium Lauryl Sulfate, mas com outros detergentes tão agressivos quanto os "sulfatos".

Por isso fique de olho: Sem Sulfato (ou Sulfate Free) nem sempre é liberado para Low Poo.



O que é "Nutritivo"?


Nutritivo é...


... aquele produto rico em óleos, ácidos graxos, lipídeos. Nutrição no cronograma capilar é a etapa responsável pela reposição das gorduras do CMC (uma espécie de gelatina que fica no interior do fio de cabelo que mantem a haste capilar 'coladinha').


Mas Nutritivo também pode ser...


... usado pela indústria de cosméticos como um termo genérico que determina um bom resultado de um tratamento condicionante. Há - por exemplo - uma série de produtos sem quaisquer óleos em sua composição e que entre suas promessas de resultado encontra-se: cabelos nutridos e com mais vida.



O que é "Óleo Puro"?


Óleo Puro é...


... um óleo sem adição de quaisquer outros ingredientes. Óleo de coco puro, por exemplo, pode ser entendido como óleo comestível de coco.

Mas Óleo Puro também pode ser...


... aquele produto à base de apenas um óleo - ou seja - que não é composto de misturas de óleos.

Isso não significa que o produto não tenha nenhum outro ingrediente além do óleo. Pode não ser comestível pois às vezes contém conservantes e/ou fragrância.


O que é "Recomendado por Dermatologistas"?


Recomendado por Dermatologistas (é) deveria ser...


Um produto com ingredientes cujos efeitos são baseados em evidências científicas.

Um cosmético que passou pela avaliação de uma bancada de profissionais da área da saúde e recebeu este 'selo' de recomendado por dermatologistas em função da sua performance e qualidade.

Mas Recomendado por Dermatologistas (também pode ser), na verdade é...

Uma afirmação de marketing que tem influência pesada na tomada de decisão dos consumidores.²

Entretanto, não há critérios claros para que um produto tenha o 'selo' de recomendado por dermatologistas

Nos Estados Unidos, já houve um caso de suspensão desta afirmação no rótulo de produtos pois o fabricante se baseava em uma pesquisa feita com (pasmem!) um dermatologista.²


Ler mais, pesquisar mais e depender menos das peças de marketing




Quando a gente começa a ler a respeito de cosméticos, de ingredientes, vai aos poucos se familiarizando com alguns termos complicados e passa ver um produto além das afirmações da propaganda.

Quem diria que micelar nem sempre é suave, e que óleo puro pode ser cheio de outras substâncias...

Quem acreditaria em você se você dissesse que nutritivo pode ser na verdade hidratante, que dermocosmético - oficialmente - nem existe e que nem sempre o recomendado por dermatologistas é melhor

O acesso à informação (aliado a um profundo senso crítico) é capaz de mudar a vida da gente: passamos a depender muito menos do que nos é dito, pois nosso caminho já pode ser trilhado com a bússola formada por tudo que a gente já leu.



Gostou deste texto? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma atualização do Cabeleira em Pé:



__________

Referências


¹ Denise Durante (2007). A seleção vocabular como estratégia argumentativa dos textos publicitários. Revista Diadorim, 2007, vol. 2, pp. 115-130. ISSN: 1980-2552.
² Lohman, M. E., Lio, P. A., & Xu, S. (2018). The “dermatologist recommended” label: Is it meaningful? Journal of the American Academy of Dermatology, 79(2), 394–396. https://doi.org/10.1016/j.jaad.2018.02.037