terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Resenha Shampoo em Pasta Lola | Chá Latte Matchá

Compartilhe:
Resenha Shampoo em Pasta Lola Matchá - Cha Latte com Leite Vegetal
Shampoo em Pasta Cha Latte Matchá - Lola - Recebido da loja Dermabox

Chá Latte: Shampoo Lola em Pasta - Versão Matchá




Lola Cosmetics tem um papel de destaque no mercado de cosméticos no Brasil por uma série de motivos.

Sua identidade visual e forma descontraída de comunicação foram pioneiras no país, mas não é só por fora que a Lola é diferentona.

A Lola gosta de inventar, de experimentar, de ser novidade, e isso fica bastante claro em alguns dos lançamentos que a marca fez ao longo da sua história. O novo shampoo em pasta chá latte é um exemplo dessa sede de fazer diferente.

Foi através da parceria que temos com a Dermabox Cosméticos que pudemos testar todos os lançamentos da linha chá latte da Lola, que já estão disponíveis na Derma: um shampoo em pasta e uma máscara na linha Chá Latte Jasmim e um shampoo em pasta e uma máscara na linha chá Latte Matchá.

Falaremos, nesta resenha dos seguintes pontos: pH do shampoo em pasta Lola, embalagem, adequação para Low Poo (se é liberado ou não),  se o shampoo Chá Latte é vegano, ingredientes da composição, como usar shampoo em pasta, fotos de antes e depois (resultado) e onde comprar os produtos da linha Chá Latte.

Vamos entender tudo sobre a o Shampoo em Pasta Chá Latte Matchá da Lola? Então segue com a gente nessa resenha.




pH: 3,5 - 5


O pH dos shampoos da Lola, segundo a marca, é formulado sempre em um intervalo entre 3,5 e 5.

Faixas de pH levemente ácidas - pH ácido é aquele abaixo de 7 - costumam ter impacto positivo na aparência dos fios, podendo deixá-los mais brilhantes.¹

Outra vantagem destas faixas levemente ácidas de pH é que este ambiente evita o inchaço excessivo das fibras capilares durante a lavagem.¹, ²

Descubra alguns Mitos sobre o pH dos Shampoos.

Produto vegano liberado para Low Poo em novembro/2019


A Lola é - há muitos anos - uma das maiores marcas nacionais de cosméticos veganos. 100% dos produtos da marca não contém ingredientes de origem animal e são livres de testes e exploração de animais em qualquer etapa de sua cadeia de produção.

Os shampoos em pasta Chá Latte têm composição adequada para quem faz Low Poo pois são alternativas ao shampoo tradicional formuladas com detergentes mais suaves do que os sulfatos (evitados por quem faz Low Poo).

Se você ainda tem dificuldades a respeito de No Poo e Low Poo, em breve você poderá fazer um curso sobre o assunto. Para receber o aviso quando as inscrições forem abertas, clique aqui e entre na lista de espera do curso LimPoo da Liga das Crespas e Cacheadas (este é um link afiliado).

Nesse curso, as rotinas de No Poo e Low Poo serão discutidas a fundo e você vai entender direitinho por quais motivos o Shampoo em Pasta da Lola é Liberado para Low Poo.



Embalagem


Cha Latte Shampoo em Pasta Lola Manteiga de Matchá (Vegano e Liberado para Low Poo)
Transformar um produto tradicionalmente líquido em uma pomada concentrada teve bastante impacto na forma como o Shampoo em Pasta Chá Latte foi embalado.

A quantidade de plástico é reduzida, pois o produto ocupa um volume menor, e 100g do shampoo em pasta rendem (segundo a Lola) até seis vezes mais que um shampoo líquido - será que é verdade? Mais abaixo a gente te conta qual a proporção de rendimento.

Dessa forma, o Shampoo Lola em pasta tem uma embalagem pequena, que cabe na palma da mão, feita em plástico branco (com selo EuReciclo, que garante a logística reversa de reciclagem dos frascos) e tampa de rosca que abre com 1/4 de volta.

O Shampoo em pasta Chá Latte Matchá tem 100g.



Composição Shampoo em Pasta Lola - Resenha


Se cosméticos normalmente já despertam a nossa curiosidade em relação aos ingredientes, imagina um produto tão diferente quanto o shampoo em pasta Chá Latte Matchá da Lola.

Quer saber quais são os ingredientes de limpeza e os presentinhos naturais que a Lola colocou nessa formulação? Vamos começar pelos óleos e extratos vegetais?

Ao invés de usar simplesmente água como solvente, a Lola traz outros dois outros líquidos para a mistura do shampoo em pasta: hidrolato de chá verde e água de coco.

Falando em chá verde, a cera que recobre as folhas dessa planta também ganhou espaço nesse shampoo Lola em pasta, a substância é super-molinha e é usada para deixar o produto mais cremoso e cheiroso.

Outros cheirinhos e possíveis propriedades aromaterápicas e fitoterápicas podem vir dos óleos essenciais de cravo e tangerina, além dos extratos de casca de canela, gengibre e arnica.



Já a limpeza - afinal de contas estamos falando de shampoo, não é mesmo? - fica por conta do Sodium Methyl Cocoyl Taurate que é (como o nome sugere) um taurato, um detergente da família dos sulfonatos que tem uma espuma que se forma rapidamente e em abundância.⁴

Dois auxiliares na fórmula do shampoo em pasta Chá Latte Matchá são o Sucrose Cocoate (que ajuda a hidratar os fios - é um higroscópico - e ainda deixa a espuma mais macia e elástica) e a Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride uma versão quaternizada da goma guar.

Graças a esse processo a goma se torna substantiva aos fios⁵ (capaz de "grudar-se" às hastes do cabelo) e têm ação condicionante já durante a lavagem, diminuindo a ocorrência de nós.

Entenda aqui Qual a diferença entre Absorção e Adsorção.

Shampoo em Pasta Cha Latte Lola Manteiga de Matchá - Resenha Completa Low Poo
Logo aqui embaixo você confere a composição completa do Chá Latte shampoo Lola em pasta, conforme impressa no rótulo do produto.

Ao lado de cada ingrediente temos uma classificação simplificada e, em alguns casos, links para posts que explicam melhor as funções de cada família de ingredientes.

A transcrição, apesar de seguir a ordem literal do rótulo, omite os entrefixos "(and)" de ingredientes vendidos em misturas.

Ingredientes que não têm ação sobre a aparência dos cabelos (fragrância e conservantes, por exemplo) são riscados (assim). Isso não quer dizer que estes ingredientes sejam dispensáveis, pelo contrário, são essenciais para o bom desempenho, segurança, e experiência geral com o produto.

Não deixe de interagir conosco na sua rede social favorita: 

Ingredientes Shampoo Lola em Pasta Chá Latte Machá


Composição e Ingredientes do Shampoo em Pasta Lola Manteiga de Matchá Cha Latte - Resenha
Camellia Sinensis Leaf Water: Hidrolato de chá verde.

Camellia Sinensis Leaf Wax: Cera de chá verde.

Sucrose Cocoate: Emoliente. Umectante. Aumenta a espuma em fórmulas limpantes.

Sodium Methyl Cocoyl Taurate: Surfactante aniônico da família dos tauratos.

Sodium PCAUmectante.

Butyrospermum Parkii (Shea) Butter: Manteiga de karité.

Cocos Nucifera Fruit Juice: Água de coco.

Eugenia Caryophyllus Flower Oil: Óleo essencial de cravo.

Citrus Reticulata Peel Oil: Óleo essencial de tangerina.

Cinnamomum Zeylanicun Bark Extract: Extrato de casca de canela.

Zingiber Officinale Extract: Extrato de gengibre.

Eugenia Caryophyllus Flower Extract: Extrato de arnica.

Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride: : Agente CondicionanteSurfactante Catiônico.

Benzyl Alcohol: Fragrância.
Benzoic Acid: Fragrância.
Dehydroacetic Acid: Conservante.
Fragrance/Parfum: Fragrância.
Butylphenyl Methylpropional: Fragrância.
Citral: Fragrância.
Citronellol: Fragrância.
Coumarin: Fragrância.
Eugenol: Fragrância.
Geraniol: Fragrância.
Limonene: Fragrância.
Linalool: Fragrância.

Link Afiliado LCC5C2:
5c - Ciclo de Cuidados Contínuos para Crespas e Cacheadas

Aparência geral (Textura, cor e cheiro) 


O Shampoo em Pasta da Lola têm uma textura firme , uma pomada bem densa, mas sem ser dura.

A cor é branca - o que traz bastante surpresa - já que a cera de chá verde costuma "esverdear" alguma formulações.

A junção do Sodium Methyl Cocoyl Taurate com o Sucrose Cocoate deu origem a uma espuma de deixar muito shampoo tradicional no chinelo. espuma densa, elástica, macia, cremosa, bonita mesmo: e rápido... esfregou um pouquinho... pá! Espumou.

A fragrância está alinhada com a identidade do produto: bem herbal com um toque cítrico lá no fundo.


Como usar o Shampoo Chá Latte em Pasta


A indicação da Lola para uso do shampoo em pasta não tem segredo.

A marca sugere usar uma pequena quantidade nos cabelos úmidos e massagear.

Depois é só enxaguar e, segunda a Lola, o produto é facilmente enxaguável, diminuindo a quantidade de água usada no banho.

Um produto diferente desses a gente não pode deixar de dar umas dicas extras.

A primeira delas é em relação à quantidade a ser usada: a Lola não está exagerando. Fizemos um teste comparando o shampoo em pasta com um shampoo líquido da Lola.

Usou-se 16g de shampoo líquido em uma lavagem e - sem brincadeira - lavamos alguns dias depois o cabelo com apenas 3g de shampoo em pasta: 5 vezes menos produto com o mesmo resultado!

Oh! Maria - Clique aqui e conheça a linha de make da Lola.

Resultado Shampoo em Pasta Chá Latte - Lola


Antes e Depois - Resultado Shampoo em Pasta Cha Latte Lola - Manteiga de Matchá

Quem gosta daquela sensação gostosa de espuma rica, cremosa e abundante vai curtir muito os shampoos em pasta da Lola.

Como é possível perceber na foto de antes e depois, o shampoo em pasta Chá Latte Matchá deixa o cabelo super limpinho.

A oleosidade é eliminada sem esforço e os cabelos não ficam ressecados.

Depois de seca, a raiz fica soltinha e o comprimento não fica embolado.



Onde comprar os produtos da linha Chá Latte da Lola?


Onde Encontrar Shampoo em Pasta Cha Latte Lola Manteiga de Matchá (Resenha)
Novidades da Lola aparecem muito mais rápido na Dermabox Cosméticos.

A Derma é uma loja virtual onde produtos liberados para Low Poo e No Poo são procurados com carinho para você que quer se cuidar e se sentir mais bonita.

O site conta com produtos capilares liberados, produtos para a pele, maquiagem e acessórios de beleza carinhosamente selecionados pela equipe Dermabox.

Um ponto importante a ser discutido é o preço. Como notamos, o shampoo em pasta pode render (pelos nossos testes) aproximadamente cinco vezes o que um shampoo líquido rende, ou seja: podemos comparar o preço de um potinho com um shampoo de 500ml.

Os shampoos mais acessíveis da Lola (Meu Cacho Minha Vida e Minha Lola Minha Vida) tem justamente esse tamanho (500ml) e custam aproximadamente 30% mais do que os shampoos em pasta, que devem ser - no momento - os higienizadores mais baratos da marca.

Ficou com vontade de testar? Se joga nos links da Derma aqui embaixo:


__________

Referências


¹ Kumar, A. & Mali, R. R. (2010). Evaluation of prepared shampoo formulations to compare formulated shampoo with marketed shampoos. International Journal of Pharmaceutical Sciences Review and Research v03 e01.
² Masukawa, Y. ; Narita, H. & Imokawa, G. (2005). Characterization of the lipid composition at the proximal root regions of human hair. Journal of Cosmetic Science ed. 56 v. 1. pp. 1-16
³ Draelos, Z. D. (2005). Hair care : an illustrated dermatologic handbook. London/New York: Taylor & Francis.
⁴ Cornwell, P. A. (2017). A review of shampoo surfactant technology: Consumer benefits, raw materials and recent developments. International Journal of Cosmetic Science, 16–30. https://doi.org/10.1111/ics.12439
⁵ Knowlton, J., & Pearce, S. (n.d.). Handbook of cosmetic science and technology. Elsevier.