sábado, 21 de março de 2020

Manteiga Chá Latte Lola | Matchá | Resenha

Compartilhe:
Resenha Chá Latte - Máscara de Matchá Vegana e Liberada para Low Poo, No Poo e Co Wash

Resenha da Máscara Manteiga Chá Latte Matchá da Lola Cosmetics - Recebido da Loja Dermabox.

Chá Latte Lola - Resenha da Máscara Capilar de Matchá




Depois das Ghees, que tal um Cha Latte?

Lola Cosmetics apostou na popularidade das manteigas vegetais do seu cronograma capilar BeMdita Ghee e lançou um par de shampoos em pasta e um par de máscaras em uma nova linha chamada Chá Latte.

Dermabox Cosméticos recebeu os produtos mandou rapidinho aqui para o Cabeleira em Pé, porque né... parceira como a Derma... só a Derma.

Já falamos da tecnologia empregada nos shampoos Chá Latte (que aliás é super interessante) e, hoje, vamos olhar com mais cuidados para a máscara da linha de Matchá.

Os pontos a serem explorados na resenha de hoje são: pH, se a máscara é vegana, se é Low Poo e No Poo, outros aspectos como funcionalidades de embalagem, textura, cor, cheiro, os ingredientes usados na composição deste tratamento, o modo de usar, o resultado e onde você pode encontrar para comprar.


pH: 3,5 - 5


A Manteiga de Matchá e Leite de Coco Chá Latte tem pH em uma faixa entre 3,5 e 5 - é portanto um pH ácido.

A principal vantagem de intervalos acídicos de pH é o impacto que este fator tem sobre a aparência dos fios - em especial sobre o brilho.¹

Isso porque produtos com pHs ácidos fazem com que as escamas que cobrem a parte de fora dos cabelos fiquem mais pressionadas umas contra as outras, criando uma superfície com maior facilidade de refletir a luz.

Outra vantagem é que em pHs levemente ácidos a entrada de água nos fios é diminuída,¹,² evitando a perda excessiva de proteínas, inchaço excessivo das fibras e fadiga hídrica.


Manteiga Chá Latte Lola: vegana, liberada para Low Poo, No Poo e Co Wash em outubro/2019


Manteiga de Matchá da Lola - Chá Latte - Máscara Vegana com chá verde e leite vegetal

A Lola é uma das marcas que conseguem aliar um visual descoladíssimo com uma ética super séria em relação aos animais: todos os produtos da marca são veganos (sem testes em animais e com fórmulas livres de ingredientes de origem animal).

A Manteiga Chá Latte Matchá além de vegana é adequada para Low Poo, No Poo e Co Wash.

Em resumo: Low Poo é uma técnica de cuidados capilares que envolve a evitação de shampoos tradicionais (que contém detergentes sulfatados), substituindo-os por shampoos mais gentis com tensoativos mais suaves. Evita-se também o uso de oclusivos derivados de petróleo ("petrolatos").

Já no No Poo, o cabelo deixa de ser lavado com shampoo e outras formas de limpeza são adotadas para manter a higiene do couro cabeludo. Evita-se o uso de shampoos em geral, e produtos com "petrolatos" e silicones insolúveis em água também são 'proibidos'.

Já o termo Co Wash vem de conditioner + wash e é uma das formas de limpeza usadas na técnica No Poo. Consiste em usar determinados condicionadores ou máscaras para higienização do couro cabeludo. A priori estes produtos não podem conter "petrolatos" nem silicones.


Embalagem


As embalagens das manteigas da linha Chá Latte são praticamente um brinde enviado com o produto.

Isso porque elas são pensadas para serem reaproveitadas depois da sua utilização.

São frascos em formato de caneca feitos de vidro. A versão de Matchá tem cor verde clara e tampa em plástico amarelado que se abre com três quartos de volta.

O conteúdo da embalagem da Manteiga de Matchá e Leite Vegetal de Coco é de 300g.



Composição Chá Latte Lola - Máscara de Restauração Intensiva


Ela é linda e a gente já sabe, mas será que a Chá Latte tem conteúdo? Vamos falar dos ingredientes das dessa máscara da Lola?

Sabemos que em se tratando de máscaras de tratamento, uma das primeiras perguntas que surgem é: qual etapa do cronograma capilar se encaixa a Manteiga Capilar Chá Latte de Matchá?

A máscara tem ingredientes de 2 etapas do Cronograma Capilar: Hidratação e Nutrição.

Na etapa de Hidratação, o Sodium PCA age como higroscópico, atraindo e prendendo umidade, repondo água perdida pelos fios.

Já a etapa de nutrição fica por conta da manteiga de karité. Em função de ter uma concentração alta de ácidos graxos saturados³, é ideal para repor gorduras perdidas pelas hastes capilares, já que teoricamente são os ácidos graxos saturados que têm menos dificuldade de penetrar na fibra capilar.⁴


Resenha Manteiga de Matchá e Leite Vegetal de Coco - Chá Latte Lola

Além da manteiga de karité, a versão Matchá da Cha Latte tem outros ingredientes botânicos: o hidrolato e a cera de chá verde, o leite de coco, os óleos essenciais de cravo e tangerina, além dos extratos de casca de canela, gengibre e arnica.

A fórmula também tem emolientes, substâncias que deixam os fios mais macios e escorregadios ao toque, entre eles o Isoamyl Cocoate, o Cetyl Esters e o Cetearyl Alcohol.

Não podemos deixar de falar do agente condicionante da fórmula, já que esse tipo de ingrediente é essencial para a manutenção dos fios.

O Behentrimonium Chloride (de origem vegetal) é o agente condicionante responsável pelo desembaraçamento, desfazendo os nós e facilitando o penteado a úmido e a seco. A classe de agentes condicionantes da qual este ingrediente faz parte (sais quaternários de amônia) ajudam ainda a diminuir o frizz.⁵


A respeito do Glycolic Acid, é importante que a gente divida alguns achados com vocês.

Essa substância - super consagrada em produtos para cuidados com a pele - passou a ser estudada nos cabelos apenas recentemente, e os achados são bastante interessantes.

Constatou-se que que ela condiciona, diminui a perda de água em temperaturas altas (podendo ser usado em formulações com proteção térmica), fortalece e previne a quebra por tração, tanto em cabelos virgens quanto os fios descoloridos.⁶ Interessante, não?



Abaixo a gente também deixa transcrita a composição completa da Manteiga de Machá e Leite vegetal de Coco Chá Latte.

Omitimos o interfixo "and" dos ingredientes pré-misturados, apenas para facilitar a leitura / classificação.

Para ampliar os seus conhecimentos sobre os tipos de ingredientes usados em cosméticos, várias classificações contam com links que você pode acessar para saber mais sobre determinadas classes de substâncias.

Ah é... os trechos "riscados" (assim) são apenas uma forma de identificar os ingredientes usados para perfumar, colorir e conservar o produto, mas não deixam de ser super-importantes para a segurança e estabilidade da formulação.

Está gostando deste texto? Curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma atualização do Cabeleira em Pé:


Ingredientes Máscara Lola Chá Latte Matchá


Ingredientes da Composição da Máscara Chá Latte Matchá da Lola - Resenha

Camellia Sinensis Leaf Water: Hidrolato de chá verde.

Camellia Sinensis Leaf Wax: Cera de chá verde.

Butyrospermum Parkii (Shea) Butter: Manteiga de karité.

Cocos Nucifera Fruit Juice: Leite de coco.

Cetearyl Alcohol: É um álcool graxo que amacia e deixa os fios escorregadios ao toque. Emoliente.

Cetyl EstersEmoliente.

Eugenia Caryophyllus Flower Extract: Extrato de arnica.

Citrus Reticulata Peel Oil: Óleo essencial de tangerina.

Sodium PCA:  Umectante.

Cinnamomum Zeylanicun Bark Extract: Extrato de casca de canela.

Zingiber Officinale Extract: Extrato de gengibre.

Isoamyl CocoateEmoliente.

Behentrimonium ChlorideAgente CondicionanteSurfactante Catiônico. Sal quaternário de amônia.

Glycolic AcidAgente Condicionante. Protetor térmico. Ajuste de pH.

Benzyl Alcohol: Fragrância.
Benzoic Acid: Fragrância.
Dehydroacetic Acid: Conservante.
Fragrance/Parfum: Fragrância.
Butylphenyl Methylpropional: Fragrância.
Citral: Fragrância.
Citronellol: Fragrância.
Coumarin: Fragrância.
Eugenol: Fragrância.
Geraniol: Fragrância.
Limonene: Fragrância.
Linalool: Fragrância.


Aparência geral (Textura, cor e cheiro) 


A Manteiga de Matchá Chá Latte da Lola é uma emulsão leve, branca e firme.

Ao virar-se a caneca de cabeça para baixo, a manteiga não cai.

A textura não é oleosa e não é difícil distribuir o produto ao longo dos fios.

A fragrância está alinhada com a identidade do produto: bem herbal com um toque cítrico lá no fundo.


Modo de usar Máscara Chá Latte da Lola


A sugestão da Lola é que a máscara Chá Latte seja aplicada sobre os fios limpos e úmidos.

Espalhe mecha a mecha , enluvando os cabelos, começando pela nuca e terminando na testa.

Deixe agir por 5 minutos e enxágue, a Lola sugere que esse processo seja feito com água morna para ser mais rápido.



Resultado Manteiga Cha Latte Matchá - Lola


Resultado Máscara Cha Latter verde (Matchá e Leite Vegetal)
Apesar de parecer que os fios estão finalizados, a foto do resultado não conta com qualquer creme para pentear ou leave in.

Na imagem, os cabelos foram lavados com o shampoo em pasta da linha, tratados com a Manteiga de Matchá, enxaguados e secos ao natural.

É surpreendente o quanto a máscara estimulou as curvas naturais dos fios e o quanto os cabelos ficaram brilhantes depois de secos.

Durante o banho, o desembaraçamento também é bastante fácil.

O cheirinho é bastante presente durante a aplicação, mas super-discreto depois de secar.




Onde comprar os produtos da linha Chá Latte da Lola?


Resenha Máscara Liberada para Low Poo, No Poo e Co Wash Manteiga Lola Chá Latte

Quer saber das novidades da Lola sempre em primeira mão? Segue o perfil da Dermabox no Instagram e fique sempre por dentro dos lançamentos lolísticos.

A Derma é uma loja virtual que se especializou em cuidados com os cabelos naturais e que manja muito de Low Poo e No Poo, tanto que os produtos lá no site têm selinhos que mostram para que técnica cada um deles é liberado.

Toda a linha Chá Latte está disponível na Derma, onde toda a compra é acompanhada de mimos fofinhos.


__________

Referências


¹ Kumar, A. & Mali, R. R. (2010). Evaluation of prepared shampoo formulations to compare formulated shampoo with marketed shampoos. International Journal of Pharmaceutical Sciences Review and Research v03 e01.
² Masukawa, Y. ; Narita, H. & Imokawa, G. (2005). Characterization of the lipid composition at the proximal root regions of human hair. Journal of Cosmetic Science ed. 56 v. 1. pp. 1-16
³ Morais, L. R. B., & Gutjahr, E. (2012). Química de Oleaginosas - Valorização da Biodiversidade Amazônica (Ed. do Autor (ed.)). http://www.icbsena.com.br/livro.php?id_livro=431&autor_livros=Morais, Luiz Roberto Barbosa; Gutjahr, Ekkehard
⁴ Davis-Sivasothy, A. (2011). The science of black hair : a comprehensive guide to textured hair care.
⁵ Barel, A. O., Paye, M., & Maibach, H. I. (n.d.). Handbook of cosmetic science and technology. CRC Press.
⁶ Allan, C., Weeks, J., Olechowski, F., & Digel, S. (n.d.). Effects of Glycolic Acid on Human Hair Keratin - Coast Southwest. The Innovation Blog. Retrieved March 3, 2020, from https://www.coastsouthwest.com/effects-of-glycolic-acid-on-human-hair-keratin/